Motoristas e cobradores iniciam greve de ônibus em Paulínia (SP)

Terra é a nova empresa que opera no transporte coletivo da cidade. Foto: Divulgação.

Paralisação teve início por volta das 9h30 desta quarta (28)

JESSICA MARQUES

Os motoristas e cobradores que atuam no transporte coletivo de Paulínia, no interior de São Paulo, iniciaram uma greve de ônibus na manhã desta quarta-feira, 28 de abril de 2021. A categoria cruzou os braços por volta das 9h30.

A reivindicação dos trabalhadores é a inclusão dos cobradores na nova licitação do transporte coletivo. Segundo a categoria, cerca de 100 pessoas podem perder o emprego.

Além disso, os trabalhadores também pedem seis meses de estabilidade a partir do novo contrato.

Em nota, a Prefeitura informou que não foi comunicada previamente sobre a paralisação.

Confira a nota, na íntegra:

“A Prefeitura de Paulínia, via Secretaria de Transportes, informa que até às 12h desta quarta-feira, 28, não foi comunicada e nem recebeu aviso prévio, sobre a paralisação dos trabalhadores do transporte municipal, que está acontecendo de forma irregular desde às 9h30.

A secretaria notificou a empresa, e a mesma informou que também não recebeu nenhum comunicado oficial de paralisação e solicitou a imediata retomada dos serviços.

A Administração Municipal está tomando todas as medidas cabíveis para que os ônibus voltem a circular o mais breve possível, normalizando toda operação”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta