Rodoviários de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, no RJ, cancelam greve de ônibus, mas fazem manifestação nesta segunda (26)

Veículos operam; categoria realiza protesto

ADAMO BAZANI

Os rodoviários de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, no Rio de Janeiro, cancelaram a greve de ônibus marcada para esta segunda-feira, 26 de abril de 2021. 

Os trabalhadores, entretanto, realizam manifestações pela inclusão dos rodoviários nos grupos prioritários para vacinação contra a covid-19.

Uma das concentrações ocorre no Terminal João Goulart, em Niterói.

A operação dos ônibus ocorre normalmente.

Como mostrou o Diário do Transporte, em Niterói, em meio à ameaça de greve de categoria para pedir imunização, o prefeito Alex Grael, em sua rede social, postou que determinou à Secretaria de Saúde a realização de estudo para incluir os rodoviários nos próximos grupos prioritários na vacinação, assim como professores.

Relembre:

Após ameaça de greve, Niterói (RJ) sinaliza vacinar motoristas de ônibus contra a covid-19

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Mara silva disse:

    Sendo asim, então as caixa atendente de lanchonete ,camelo , atendente de loja todos deveriam ser prioritarios pos todos lidam com o pulblico diariamente, isso é sem falar nos passageiros que viajam nos coletivos exemplo empregados demesticos não trabalham diretamento com o público no entando precisam viajar todos os dias nos coletivos lotados , muitos com as janelas trancadas por conta de ar condicionas , vamos a coisa justa né? Tem coletivos em São Gonçalo que os vidros são fechados , isso ninguém vê? Não desmerecendo os rodoviários , mas vamos fazer a coisa justa né?

  2. Tomanocu disse:

    Palhaçada…

  3. Fernando Gomes fernandes disse:

    Vergonha dessa classe todas empresa de transporte rodoviários de coletivos de passageiros Niterói são Gonçalo e litoral motorista aposentado trabalhano tirano vagas dos mas jovem futuro do país para lucro pó Estados sicatos sem vergonhas tinhao formar tiras esses minguar dar mas vagas para quem quer trabalhar ..Vergonha. RJ.ainda querem vacina fica em casa.os jovem aguenta.mas para essa….

  4. Marcia de Oliveira disse:

    Os motoristas e caminhoneiro estão no 4° grupo ou 4a fase do Plano Nacional de Imunização. O problema é que infelizmente as pessoas não se informam e se deixam manipular pelos sindicatos inconformados com a democracia e pelas globosádicas. Haja paciência para aturar ver o povo sendo lobotomizado❗

  5. M.CARVALHO. disse:

    Mais uma vez,ficou provado que a “FALTA DE PLANEJAMENTO”,e a “INCOMPETÊNCIA IMPERAM”,por parte do sindicato da classe de rodoviários. Não houve uma logística,para melhor organizar está greve pífia. Realmente lamentável.

  6. JANAINA GOMES DE ARRUDA disse:

    E os funcionários dos comércios essências? Padaria,restaurantes,supermercados ,hortifriti,casa lotérica ,banco,farmácia? Onde entra na história? Os professores da rede pública se fascinaram porem só os professores dos colégios particulares voltaram e nossos filhos da rede pública nada ainda ? Cadê o prefeito???

  7. Bruno disse:

    Sou motorista ,e digo sindicato à anos São corruptos não fazem nada para ajudar a classe ,o jornal que fez à matéria tem que se informar mais ,pois na manifestação não tinha trabalhadoras e sim vagabundos .

  8. Celia maria disse:

    Sou a favor,da vacinacao a essa classe que aguenta esse povo,tao sem educacao,que carregam,aturam, pessoas bebadas,sem mascaras,sem nenhum cuidado com suas vidas,nem com a do proximo,que nesse momento de pandemia e o minimo que se deveria ter.
    Onibus fechados,respirando todos o mesmo ar,e a esposicao,e a gripe???A tuberculose???
    Precisamos rever nossos conceitos e nos por no lugar do outro.
    #vacina ja.

    1. Guaraci disse:

      tá e o trabalhador que pega ônibus lotado como que fica?

    2. Guaraci disse:

      cara agora não sai dos 60 anos só agora comorbidade por quando vamos tomar nossa vacina

Deixe uma resposta