Aplicativo de carro Cabify anuncia saída do Brasil para 14 de junho

Aplicativo continua em outros países da América Latina

Empresa explica como motivo a diminuição na arrecadação e a crise da pandemia em seu estado grave no país

WILLIAN MOREIRA

A empresa de transporte em carro por aplicativo Cabify anunciou nesta sexta-feira, 23 de abril de 2021, o fim dos seus serviços no Brasil em 14 de junho deste ano.

O comunicado realizado pelas redes sociais encerra o ciclo da empresa de tecnologia que atua em São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, Curitiba, Santos, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

O aplicativo alegou diminuição na rentabilidade agravada pela crise gerada pela pandemia.

O Cabify chegou ao Brasil em 2016 pouco após outros serviços como a 99 e Uber que prestam transporte de pessoas do ponto A ou ponto B, conectando motoristas parceiros.

Na publicação a Cabify diz ainda seguirá atendendo nos outros países onde seguirá atuando.

“Depois de tantos anos nos movendo, no próximo dia 14 de junho deixaremos de operar no Brasil. Obrigado por tudo, e mesmo que não os levamos mais de Cabify, os levaremos para sempre no coração. Nos vemos nos países onde ainda operamos o serviço”, cita publicação de despedida nas redes sociais da empresa.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    Extingue logo essa pôha de mundo que pra mim já está extinto há muito tempo.Ruptura com esse universo mentiroso JÁÁÁÁÁÁÁÁ!!!!!!Uma facção desse sistema criminoso e ilegal a menos.Acaba logo com essa m.hrdhy@ de sistema criminoso do k-hayw.Menos um duto de lavagem de dinheiro.

  2. carlos souza disse:

    Então antes de irem,tenham a decência e a humildade de admitir que estão tomando essa decisão porque sabem que esse país é a maior farsa da história do universo,sempre foi e sempre será.Tenham humildade e admitam que esse país é,sempre foi e sempre será um país 100% criminoso e ilegal.Admitam que não foi só a pandemia.É a crise eterna,histórica e generalizada de legalidade desse país que motivou vocês a tomarem a decisão,como fez a Ford,por exemplo.Admitam que a falência ética e moral generalizada e apocalíptica desse país pesou na decisão.Vamos,admitam logo,fdp(s)

  3. Johnny disse:

    Já vão tarde estes sanguessugas e marketing mentiroso. Feita por colaboradores imbecis e arrogantes. Incompetentes. Adeus e até nunca mais.

  4. Alex Alves disse:

    Com certeza vai tem que fechar as portas pq essas empresas de aplicativo só querem ganhar e ainda ficam escravizando os motoristas eu trabalhei com App e não ganhei nada trabalhei de graca e fora fiquei devendo o banco e por isso q Deus está mandando essa DOENCA na terra pra castigar os homens maus que pensa em pisar nos mais fracos

Deixe uma resposta