Alesp aprova projeto que impede que pessoas não vacinadas contra a covid-19 usem ônibus, trens e metrôs

Posto de vacinação em Santo André (SP)

PL 738/2020 impõe outras restrições para não vacinados; Caberá a Doria vetar ou sancionar

ADAMO BAZANI

O PL 738/2020 cria o Programa Emergencial Paulista de Vacinação, de autoria do deputado estadual Campos Machado, impede acesso ao transporte púbico para quem não comprovar ter sido imunizado contra a covid-19 de acordo com as fases correspondentes ao PEI (Programa Estadual de Imunização)

A proposta foi aprovada na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) e caberá ao governador João Doria sancionar ou vetar.

O projeto ainda impede o acesso a ônibus rodoviários, aeronaves, ingresso a estabelecimentos de ensino e até a concursos públicos caso não haja a comprovação da vacina.

A vacinação se tornará obrigatória, não podendo o cidadão a ser recursar, conforme a proposta.

“Sei que muitas pessoas anseiam pela vacinação, mas ainda há muita gente que se recusa a receber a vacina. Para mim, são hipócritas, que expõem terceiros ao risco de morte, e, segundo creio, a hipocrisia nada mais é do que uma homenagem que a mentira presta à verdade e não pode ser tolerada.” – disse o deputado na postagem.

Ocorre que, além da discussão jurídica sobre que ninguém poderia ser obrigado a se vacinar, não há vacinas em número suficiente.

Até agora, por exemplo, a imunização foi para idosos com 65 anos ou mais, profissionais de educação com 47 anos ou mais, funcionários da segurança pública com 47 anos ou mais e profissionais da Saúde.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Marco Antônio da Silva disse:

    Parabéns ao deputado! Mais uma lei imbecil sem necessidade! Tanta coisa a ser fiscalizada,discutida,votada,e esses caras vêm com mais uma palhaçada dessa! Graças a Deus eu não votei nele e também não votei no atual governador! É lamentável tudo isso!

  2. Vagner Cecílio disse:

    Realmente é não ter o que fazer por isso que eles perdem tempo com atitudes como esta. Sr. Deputado vai mudar nome de RUA vai.

  3. Antonio Silva disse:

    É a ditadura avançando. Hipócritas são esses deputados, que estão usando a doença pra fazer política. Lei totalmente inconstitucional, fere o Artigo 5º, inciso XV da Constituição Federal e fere o Artigo 15 do Código Civil. Sob a falácia de “ciência”, transforma quem não pode tomar a vacina em uma espécie de “sub-raça”. Canalhas, o inferno os aguarda. E ano que vem tem eleição.

  4. Antonio Silva disse:

    E se a vacina funciona, quem se vacinou não deveria se preocupar com quem não se vacinou. A população tem o direito de saber como cada deputado votou, vamos nos lembrar deles nas eleições de 2022.

  5. Sr, Campos Machado, adoraria chegar perto de você e arrancar essa peruca ridícula que usas…e tentar descobrir o que passa nessa cabeça pelada….TEM DE VETAR….Marco Antonio está com toda razão…Ademais ontem mesmo estive com motorista da linha B-11-Paraiso/, aqui em Santo André, e do nada ele começou contar sua história durante o trajeto. E disse prá mim que nem ousa pedir sequer que tal passageiro use a máscara, por temer retaliações e ameaças, imaginem então exigir carteira de vacinado??

  6. Rodrigo disse:

    mais uma lei imbecil…bando de parasitas….qual o real interesse de querer que todos sejam obrigados a tomar algo com eficácia duvidosa e mínima segurança?

  7. Vagner Cecilio disse:

    Bom Dia a Todos.
    Não é o motorista que vai fiscalizar o passageiro eles vão colocar um fiscal da saúde acompanhado de um policial militar ou segurança privada pode ficar tranquilo, e logico que eles foram vacinados.
    Vagner

  8. Marlene Divina de Santana disse:

    Essa lei é uma verdadeira ditadura..E isso significa que essa vacina dos infernos não serve para salvar ninguém.E sim, para acabar com a população,fazer política e manipular a nação mundial…Bando de imbecis…

  9. missdario disse:

    Mas um projeto ditador, que vemos e olhando como normal, estou aqui pesquisando se a deputada de são bernardo votou a favor se sim, ja perdeu um eleitor, não podemos em hipótese alguma ser a favor de projeto impositivo. Mas um PL contra a CF.

  10. Luiz Fernando dos Santos disse:

    Vamos para as ruas e façamos esses déspotas verem que o do povo que emana a Democracia que eles, em especial esse Governador de m..da, pensa que é dono do país!!!!

  11. Hugo disse:

    CCadê a relação dos deputados que aprovaram essa afrontacontra a constituição para que lembramos deles em 2022. a

Deixe uma resposta