Diário no Sul

Com bandeira laranja, ônibus devem circular com no máximo 70% de ocupação em Curitiba (PR)

Frota opera com cerca de mil veículos. Foto: Daniel Castellano/SMCS.

Urbs informa que está monitorando o movimento no sistema

JESSICA MARQUES

Durante a bandeira laranja de alerta contra a covid-19, os ônibus de Curitiba, no Paraná, devem circular com uma ocupação máxima de passageiros de 70%.

Em nota, a Urbs (Urbanização de Curitiba) informou que monitora o movimento do sistema e poderá colocar veículos a mais, se for necessário.

“A frota opera com cerca de mil veículos (80% do total). As linhas, no entanto, funcionam com 100% nos horários de pico. Uma frota extra, mantida de prontidão, pode ser acionada em caso de movimento acima do esperado. A frota está configurada para atender 450 mil passageiros, 100 mil a mais do que a média registrada, de 350 mil ususários/dia.”

LINHA TURISMO

A Linha Turismo, administrada pela Urbs, também continua suspensa por conta do fechamento dos principais pontos turísticos da cidade. Contudo, estão mantidas as Linhas Expresso Saúde e Vacina-Parque Barigui. As atividades de fiscalização, vistoria do transporte coletivo, limpeza e manutenção são executadas normalmente, segundo a Prefeitura.

“Os postos de atendimento da Urbs no Boa Vista, Carmo, Fazendinha, Matriz, Pinheirinho e Rodoviária seguem abertos para serviços relacionados ao cartão-transporte (exceto Passe Escolar). É necessário agendar o atendimento pelo site da Urbs.”

SUPERLOTAÇÃO

Apesar do anúncio, em 12 de abril de 2021, o TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) comunicou a Prefeitura de Curitiba sobre superlotação nos ônibus. O órgão de contas realizou uma nova inspeção e constatou um número excessivo de passageiros nos veículos do transporte coletivo.

Relembre:

TCE-PR comunica Prefeitura de Curitiba sobre lotação de ônibus

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta