Passe escolar municipal continua suspenso em São Bernardo do Campo e Diadema

Em Diadema, a suspensão de gratuidade aos estudantes começou no dia 25 de março e não ainda não tem previsão de retorno à normalidade. Foto: Divulgação / Suzantur.

Nas demais cidades do ABC Paulista, benefício está liberado mediante cadastro

JESSICA MARQUES

O passe escolar municipal continua suspenso em São Bernardo do Campo e Diadema. Nos demais municípios do ABC Paulista, o benefício está liberado mediante cadastro.

A suspensão foi realizada nas cidades da região devido à suspensão das aulas, em decorrência da pandemia de covid-19. Entretanto, em São Bernardo do Campo e Diadema ainda não houve a liberação.

Confira os detalhes, por cidade:

SANTO ANDRÉ

A Prefeitura de Santo André esclarece que não houve interrupção no atendimento para cadastramentos e demais serviços na AESA para a obtenção dos benefícios da gratuidade.

Para obter os benefícios da gratuidade o cliente precisa ser morador de Santo André e fazer o cadastro na AESA no site www.aesanet.com.br.

A AESA reforça ainda que os cartões de estudantes estão suspensos por conta da suspensão das aulas.

SÃO BERNARDO DO CAMPO

A Prefeitura de São Bernardo informa que, conforme previsto no decreto municipal 21.146/20, estão suspensas as isenções do pagamento de tarifa no transporte coletivo municipal aos maiores de 60 anos e menores de 65 anos de idade. A medida visa proteger os idosos, incentivando-os a ficarem em casa e reduzindo a letalidade da doença junto ao público da terceira idade. A gratuidade concedida aos estudantes, por sua vez, também está suspensa tendo em vista que as atividades presenciais da educação estão proibidas no município.

A Administração municipal esclarece que a retomada de ambos os benefícios é discutida regularmente, sempre com base nos indicadores da pandemia e nas regras estipuladas pelo Plano São Paulo.

SÃO CAETANO DO SUL

De acordo com a Semob (Secretaria de Mobilidade Urbana) da Prefeitura de São Caetano do Sul, ambos os cartões de gratuidade (idosos +60 anos e estudantes) estão normalizados.

Cartões de estudantes – Preencha e encaminhe a solicitação assinada e carimbada pelo diretor da Escola junto com os documentos necessários, de segunda a sexta-feira no horário das 8h30 às 11h30 e das 12h30 às 16h00. Somente para a confecção da primeira via do cartão é necessária a presença física do estudante para tirar a foto. VIPE – Rua Theobaldo de Nigris, 33 – Bairro Boa Vista (SITS e BOM). Tel: 3296-1800.

Cartões de idosos – os cartões devem ser pedidos no Atende Fácil, que está fechado por conta da pandemia. Portanto, os pedidos devem ser feios via internet.

MAUÁ

A gratuidade do serviço de transporte coletivo para estudantes e idosos continua em vigor.

Para solicitar o serviço, estudantes de aulas em regime presencial podem se dirigir à loja do Bus Fácil, no Terminal Rodoviário Central e solicitar o cartão mediante apresentação da declaração escolar atestando a matrícula, instituição de ensino e horário do curso.

Para os idosos acima de 60 anos e menores de 65 anos também é necessário agendar horário na loja do Bus Fácil. Após agendamento, basta comparecer ao local portando documentos pessoais como RG, CPF, comprovante de residência e Carteira Profissional sem vínculo empregatício.

Já os idosos com idade acima de 65 anos também precisam agendar data e horário para comparecer à loja do Bus Fácil, mas vale lembrar que esse público pode apenas apresentar o RG ao motorista que já terá seu embarque gratuito garantido.

Telefones para contato e agendamento: (11) 4518-6063 /  (11) 4519-4373. Endereço da loja do Bus Fácil: Rio Branco, 183, Centro, Mauá.

DIADEMA

A suspensão da gratuidade aos estudantes continua vigorando, pois não estão havendo aulas presenciais. Já a gratuidade aos idosos retornou desde segunda feira, dia 5 de abril.

O estudante precisa estar matriculado regularmente e os idosos precisam ter mais de 60 anos. Neste período de pandemia, o atendimento é feito na Loja Sou Diadema, na rua Presidente Kennedy, 287, de segunda a sexta das 8h às 17h. Já os postos de recarga nos terminais Diadema e Piraporinha funcionam de segunda a sexta das 6h às 17h e aos sábados das 8h às 12h.

A suspensão de gratuidade aos estudantes começou no dia 25 de março e não ainda não tem previsão de retorno à normalidade.

RIBEIRÃO PIRES

A Prefeitura de Ribeirão Pires informa que a gratuidade para idosos e estudantes seguem normalmente junto a empresa de ônibus da cidade. Vale lembrar que, no caso dos estudantes, é necessário comprovação junto a unidade escolar para que seja solicitada a liberação das passagens gratuitas.

IDOSOS

A gratuidade para idosos de 60 a 64 anos nos ônibus municipais continua suspensa em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. O município é o único da região que ainda não liberou a isenção de tarifa para esta faixa etária.

Em Diadema, o benefício foi liberado em 05 de abril de 2021, uma segunda-feira. Nas demais cidades do ABC Paulista, a isenção está em vigor, ou seja, idosos de 60 a 64 anos não pagam passagem nos ônibus municipais.

Os idosos de 65 anos ou mais podem utilizar o transporte coletivo gratuitamente em todo o Brasil. O direito é garantido pela Constituição Federal.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/04/13/gratuidade-para-idosos-de-60-a-64-anos-nos-onibus-municipais-continua-suspensa-em-sao-bernardo-do-campo/

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta