Diário no Sul

Licitação do transporte coletivo de Novo Hamburgo (RS) estabelece R$ 5,03 como tarifa máxima

Audiência pública do certame será em 22 de abril, de forma virtual. Foto: Lu Freitas / Divulgação.

Edital prevê 20 veículos com ar-condicionado em uma frota de 66 ônibus

JESSICA MARQUES

O edital de licitação do transporte coletivo de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, estabelece R$ 5,03 como tarifa máxima. O documento também prevê 20 veículos com ar-condicionado em uma frota de 66 ônibus.

O próximo passo do certame é uma audiência pública, marcada para 22 de abril. A reunião será virtual, transmitida do Plenário da Câmara Municipal, às 19h, de acordo com edital publicado. Para acompanhar a audiência, o público poderá acessar a TV Câmara, no canal 16 da Net ou pelo YouTube.

Quem quiser participar da audiência deve fazer a inscrição por este link (CLIQUE AQUI) através do qual poderá fazer questionamentos, apresentar dúvidas ou sugestões. Importante, as inscrições devem ser feitas até às 18h30min de 22 de abril. Também é possível enviar questionamentos para o e-mail transportes@novohamburgo.rs.gov.br até as 16h do dia 22 de abril, para que possam ser respondidos na audiência.

“De acordo com o regramento, as manifestações verbais estão limitadas ao número de 20 e obedecerão a ordem da inscrição. Cada participante terá 3 minutos para suas considerações. No dia da audiência pública, o participante cadastrado receberá um e-mail ou mensagem de celular com o link da apresentação e o código de acesso”, detalhou a Prefeitura, em nota.

FROTA

O tamanho da frota foi reduzido, segundo a Prefeitura, para tornar o processo licitatório mais viável. “O desafio de lançar um edital para o transporte público durante a pandemia causada pela covid-19 persiste e apresenta diferenciais como, por exemplo, a queda significativa no número de usuários: em 2019 foi considerada a média mensal de 1.155.026 passageiros e agora esse número caiu para 476.585 usuários, uma queda de quase 60%”, justificou a administração municipal.

A licitação do transporte coletivo de Novo Hamburgo precisou ser suspensa no início de 2020 em razão da pandemia do novo coronavírus.

Antes disso, em outubro de 2019, a Prefeitura havia cancelado a licitação anterior. Duas empresas de ônibus (Stadtbus Transportes Ltda e Viação Santo Ângelo S/A) haviam demonstrado interesse na concorrência, mas uma das empresas que prestam o serviço na cidade, e que não participou da licitação, impugnou o processo no Judiciário.

O cancelamento era o mais recomendado, segundo a Prefeitura, “para se evitar uma longa disputa judicial”.

Relembre:

Prefeitura de Novo Hamburgo (RS) cancela licitação dos ônibus

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    Estatiza de vez e acaba a m.hrdhy@.

Deixe uma resposta