ANTT autoriza Viação Progresso e Turismo a parcelar débito de R$ 136 mil em 60 parcelas

Foto: José Augusto de Souza Oliveira / Ônibus Brasil

Agência revogou e extinguiu autorizações de fretamento concedidas para três empresas

ALEXANDRE PELEGI

A ANTT publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 07 de abril de 2021, as seguintes Deliberações a pedidos de empresas de ônibus do transporte rodoviário interestadual de passageiros:

 

Deliberação nº 115: A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT defere, com base na Resolução nº 5.830, de 10 de outubro de 2018, o parcelamento de débitos requerido pela Viação Progresso e Turismo S/A nas seguintes condições:

I – valor total do débito: R$ 136.796,47 (cento e trinta e seis mil, setecentos e noventa e seis reais e quarenta e sete centavos);

II – quantidade de parcelas: 60 (sessenta) parcelas.

1º Em consonância com o disposto no art. 10, § 4º e § 5º da Resolução nº 5.830, de 10 de outubro de 2018, foi efetuado o pagamento do valor de R$ 2.021,69 (dois mil e vinte e um reais e sessenta e nove centavos).

2º Os valores das demais parcelas deverão ser fixados de acordo com o art. 12 da Resolução nº 5.830, de 10 de outubro de 2018.

 

Deliberação nº 116: A Diretoria Colegiada da ANTT extinguiu, mediante renúncia, o Termo de Autorização de Fretamento – TAF nº 00.1908, concedido à Flash Top Tur Transportes Eireli.

 

Deliberação nº 117: A Diretoria Colegiada da ANTT extinguiu, mediante renúncia, o Termo de Autorização de Fretamento – TAF nº 33.1511 concedido à Transportadora Turística Colocen Ltda.

 

Deliberação nº 118: A Diretoria Colegiada da ANTT extinguiu revogou o Termo de Autorização de Fretamento – TAF nº 00.1797, concedido à Movimento Locadora de Veículos Eireli.

 

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta