Fronteira Brasil-Bolívia está fechada e ônibus internacionais são interrompidos

Viagens devem ser canceladas

Medida deve ocorrer por sete dias para evitar transmissão da covid-19

ADAMO BAZANI

A fronteira entre Brasil e Bolívia está interrompida desde esta sexta-feira, 02 de abril de 2021.

A medida foi anunciada pelo presidente boliviano Luis Arce Catacora em redes sociais.

A ligação internacional por ônibus também está impedida de operar.

A medida vai durar inicialmente, uma semana.

“No marco das medidas para proteger a população, instruímos o fechamento temporário das fronteiras com o Brasil, por sete dias. Os Ministérios da Saúde, do Governo da Bolívia e das Relações Exteriores providenciarão o fechamento temporário de outros pontos, com base na situação epidemiológica”, disse o presidente em sua conta do Twitter

O alto índice de covid-19 no Brasil tem preocupado as autoridades bolivianas, principalmente em relação à variante brasileira P.1, que se mostra mais contagiosa e grave.

Além dos ônibus, estão proibidos de cruzar a fronteia os carros, motos e pessoas a pé.

Só está liberado o tráfego de cargas e deslocamentos de emergência.

O bloqueio ocorre na rodovia Ramón Gomez, que dá acesso à cidade boliviana de Porto Quijarro.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta