Nova Friburgo (RJ) entra na Bandeira Roxa na segunda (05) com limitação a ônibus, indústria e comércio

Ônibus em Nova Friburgo

Frota só poderá funcionar integralmente nos horário de pico, das 6h às 10h e das 17h às 20h. Também é previsto toque de recolher

ADAMO BAZANI

Pela primeira vez, desde o início da pandemia de covid-19, Nova Friburgo vai entrar na fase roxa, a mais restritiva, para tentar impedir o avanço da doença.

A medida foi publicada em edição do Diário Oficial desta quinta-feira, 01º de abril de 2021, e entra em vigor na segunda-feira, 05 de abril, indo até 11 de abril.

A bandeira roxa estabelece toque de recolher, proibição de diversas atividades econômicas e restrição aos serviços de ônibus municipais, cuja frota só poderá ser integral nos horários de pico, das 6h às 10h e das 17h às 20h. Nos demais horários, a frota deve ser de 30% do total de antes da pandemia.

Transporte intermunicipal e interestadual de passageiros, transporte por táxi e/ ou por aplicativo estão liberados.

Veja as regras:

Toque de recolher:

O Toque de Recolher na bandeira roxa iniciará a partir das 22h00 às 05h00.

Ônibus:

Nos horários compreendidos entre 6h às 10 h da manhã e entre 17h às 20h, a circulação do transporte coletivo público municipal deverá ser executada na integralidade de veículos, horários e itinerários. Nos demais horários a frota de veículos ficará restrita a 30% (trinta por cento) por itinerário quando nas bandeiras vermelha e roxa;

Indústrias:

Na Bandeira Roxa, funcionarão com a capacidade de até 20%;

Atividades Comerciais e de Serviços

Na Bandeira Roxa, será restrito às atividades essenciais e dos segmentos autorizados;

Lanchonetes e Restaurantes

Na Bandeira Roxa, os Restaurantes e Lanchonetes funcionarão de forma excepcional, com suas atividades executadas somente na modalidade delivery, ficando proibida a retirada do produto no local

Bares, lojas de conveniência e estabelecimentos congêneres e similares:

Na Bandeira Roxa, permanecerão fechados;

Cinemas e Teatros:

Não funcionam da Fase Roxa

Igrejas, Templos, Sinagogas, Terreiros, e outros locais de celebração religiosa:

Ficam fechados na fase roxa

Estacionamentos e Lava-Jato:

Fica autorizado o funcionamento dos estacionamentos e lava a jatos em Nova Friburgo, independentemente da bandeira vigente.

Shoppings Centers:

Na Bandeira roxa, excepcionalmente, as atividades deverão serem suspensas.

Hospedagens, entrantes e/ou reservados, em quaisquer meios de hospedagem como Hotéis, Pousadas, Motéis, Plataformas Digitais ou Aplicativos

Na bandeira Roxa, não poderão funcionar;

O que pode funcionar sem restrição:

I – Farmácias e Óticas;

II – Hipermercados, supermercados, mercados, padarias, panificadoras, feiras livres, açougues,

peixarias, hortifrútis, quitandas e centros de abastecimento de alimentos;

III – Assistência à saúde, incluídos os serviços médicos, hospitalares e laboratoriais;

IV – Empresas, Distribuidores e Lojas de Água Mineral e de botijões de Gás (GLP), postos de combustível, transporte e entregas de carga em geral;

V – Atividades e serviços de segurança pública e privada, inclusive os estabelecimentos que comercializem e/ou prestem serviços de manutenção de equipamentos de segurança, vedada a aglomeração;

VI – Atividades de Defesa Civil e Assistência Social para atendimento à população, Serviços de Limpeza e Iluminação pública, Central de Monitoramento Nova Friburgo Cidade Inteligente;

VII – Transporte intermunicipal e interestadual de passageiros, transporte por táxi e/ ou por aplicativo;

VIII – Serviços de saneamento básico, recolhimento de lixo, serviços de energia elétrica e

distribuição de gás;

IX – Instituições de Ensino, Cursos e congêneres;

X – Serviços funerários, vedada a aglomeração durante os velórios e sepultamentos;

XI – Atividades de controle de pragas, limpeza de reservatórios, fossa e sumidouros;

XII – Inspeção de alimentos, produtos e derivados de origem animal e vegetal e vigilância

agropecuária e Serviços postais;

XIII – Indústrias de alimentação;

XIV – Os provedores, operadores e distribuidores de Internet, TVs a cabo, telecomunicações e

demais serviços audiovisuais;

XV – Produção, distribuição e comercialização de produtos de saúde, higiene, gêneros alimentícios, Comércios Varejistas de Gêneros Alimentícios, de Bebidas e similares;

XVI – Oficinas, Lojas de Peças, Locadoras de Veículos, Oficinas e Lojas de bicicletas e borracharias;

XVII – Lojas de Alimentação Animal, Petshop, Produtos Agropecuários e Clínicas Veterinárias;

XVIII – Estabelecimentos industriais e comerciais de embalagens e correlatos;

XIX – Estabelecimentos industriais e comerciais de insumos, matéria-prima, materiais e

congêneres para construção civil;

XX – Estabelecimentos industriais e comerciais de produtos e materiais de limpeza e higiene;

XXI – Lavanderias e Chaveiros;

XXII – Atividades de manutenção e os serviços de assistência técnica em geral;

XXIII – Atividades de manutenção, reposição, assistência técnica, monitoramento e inspeção de equipamentos e instalações de máquinas e equipamentos em geral, incluídos elevadores, escadas rolantes, equipamentos de refrigeração e climatização e controle e prevenção de incêndios;

XXIV – Empresas prestadoras de serviços de mão de obra terceirizada;

XXV – Loja de tecidos e aviamentos, armarinhos, artigos de costura e congêneres, lojas de suprimentos de Informática e Papelaria.

 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta