Paralisação de ônibus afeta Teresina nesta segunda (22)

Ônibus do sistema de Teresina (imagem apenas ilustrativa)

Segundo sindicato dos rodoviários, viações não cumpriram acordo de pagamento de salários e benefícios em atraso

ADAMO BAZANI

Colaborou Willian Moreira 

A população de Teresina volta a enfrentar uma greve de ônibus nesta segunda-feira, 22 de março de 2021.

Pare da frota não está circulando. As regiões Sudeste e Norte da cidade são as mais afetadas.

Segundo representantes do Sintetro, sindicato da categoria, as empresas não cumpriram acordo firmado no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) de pagamentos de salários atrasados, como ainda parte dos vencimentos de janeiro, e benefícios que não foram depositados também.

A entidade trabalhista diz que notificou na sexta-feira (19) as empresas sobre o não cumprimento.

Como mostrou o Diário do Transporte, após 36 dias seguidos, a greve dos rodoviários de Teresina terminou em 15 de março de 2021, com a promessa dos primeiros pagamentos ainda no dia 18 de março mediante acordo no TRT.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/15/acaba-a-greve-dos-onibus-em-teresina-pi-apos-36-dias/

Segundo o Sintetro, como não foram feitos os depósitos no dia, em 19 de março a categoria voltou a parar como advertência.

Em 22 de março, foi realizada nova paralisação.

Em nota, o Setut, que é o sindicato das empresas, informou ao Diário do Transporte que aguarda repasses da prefeitura.

O SETUT informa que até o momento, ainda não constatou o repasse da primeira parcela do acordo firmado com a Prefeitura de Teresina. A entidade esclarece que segue aguardando o repasse de recursos, para que seja feito o pagamento salarial dos trabalhadores o mais breve possível.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta