MobiBrasil suspende operação de linhas intermunicipais após ataque a ônibus em Diadema (SP)

Itinerários 006, 051, 112, 182, 236, 279, 358, 380 e 446 não estão operando

JESSICA MARQUES
Colaborou Willian Moreira

A empresa MobiBrasil suspendeu a operação de linhas intermunicipais em Diadema, no ABC Paulista, após um ataque a ônibus na cidade.

Neste domingo, 21 de março de 2021, as linhas metropolitanas 006, 051, 112, 182, 236, 279, 358, 380 e 446, da empresa Mobibrasil Diadema, não estão operando.

Em nota, a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) informou que “os veículos foram recolhidos devido a ameaça de vandalismo, visando a integridade e segurança de todos”.

Confira as nomenclaturas das linhas suspensas neste domingo:

006 – São Bernardo do Campo (Jardim Nazareth) / São Paulo (Terminal Sacomã);

051 – Diadema (Vila São José) / São Paulo (Saúde);

112 – Diadema (Terminal Metropolitano Piraporinha) / São Paulo (Santo Amaro);

182 – São Bernardo do Campo (Acampamento dos Engenheiros) / Diadema (Terminal Metropolitano Diadema);

236 – Diadema (Terminal Metropolitano Piraporinha) / São Paulo (Terminal Sacomã);

279 – Diadema (Terminal Metropolitano de Diadema) / São Paulo (Metrô São Judas);

358 – Diadema (Vila São José) / São Paulo (Saúde);

380 – Diadema (Terminal Metropolitano de Diadema) / São Paulo (Jardim Guacuri);

446 – São Bernardo do Campo (Jardim Borborema) / São Paulo (Saúde).

A empresa de ônibus Suzantur, que opera ônibus municipais de Diadema, também interrompeu a operação na cidade, pelo mesmo motivo.

Relembre:

Ônibus em Diadema (SP) são recolhidos após ataque neste sábado (20)

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Luís Pedrosa disse:

    Isso é o que acontece quando uma cidade que foi projetada para 150 mil habitantes , é sufocada por mais de 420 mil pessoas

Deixe uma resposta