ÁUDIO: Bruno Covas diz que frota de ônibus será mantida nos atuais percentuais mesmo com feriados antecipados

Frota média permanecerá em 88% de acordo com Bruno Covas

Medida foi anunciada como forma de tentar conter o avanço da covid-19. Rodízio vai vigorar a de 20h às 05h a partir de segunda (22)

ADAMO BAZANI

A frota de ônibus municipais da capital paulista vai ser mantida nos atuais percentuais, mesmo na semana de antecipação de cinco feriados municiais como tentativa de reduzir a circulação de pessoas e o avanço da covid-19.

A informação é do prefeito Bruno Covas em entrevista coletiva no início da tarde desta quinta-feira, 18 de março de 2021, ao responder questionamento do Diário do Transporte, que fez a cobertura.

“Nós não vamos mexer com oferta de ônibus circulando pela cidade de São Paulo durante esse período de antecipação dos feriados municipais. Ela vai permanecer a mesma que é em qualquer dia de segunda a sexta, permanecendo também a frota específica de sábados e domingos, então não haverá nenhuma alteração na frota que circula na cidade de São Paulo.”

Ainda de acordo com Bruno Covas, o inquérito sorológico da cidade para monitoramento da covid-19 não mostrou que o índice de contágio pela doença seja maior no transporte público.

“Agora eu queria aqui reforçar mais uma vez um dado que já mencionamos em diversas coletivas que é importante mencionar mais uma vez que todos os estudos feitos pela secretaria de saúde do município mostram que a porcentagem da população infectada que utiliza o transporte público na cidade de São Paulo é a mesma da população que não utiliza transporte público na cidade de São Paulo. Embora esse seja um tema importante, não é um tema que tenha afetado a quantidade de pessoas que estão com coronavírus na cidade de São Paulo” – disse o prefeito.

Ouça:

A frota atual é de 88,25%, diante de uma demanda que varoa entre 50% e 60%. Nos bairros mais afastados do centro a operação em dias úteis conta com reforço ainda maior, com 93,34% da frota de veículos em relação ao período anterior à pandemia. O uso de máscaras é obrigatório durante toda a viagem por todos os passageiros, motoristas e cobradores.

 ANTECIPAÇÃO DE FERIADOS:

A antecipação de feriados é uma tentativa de reduzir a circulação de pessoas e a lotação do transporte coletivo neste pior momento da pandemia de covid-19 no País.

Os feriados municipais de 2021 (Corpus Christi, Consciência Negra) e 2022 (Aniversário de São Paulo, Corpus Christi, Consciência Negra) serão antecipados já para os dias 26, 29, 30, 31 de março e 01º de abril:

* 26 de março (sexta-feira) – Corpus Christi de 2021;
* 29 de março (segunda-feira) – Dia da Consciência Negra de 2021;
* 30 de março (terça-feira) – Feriado do aniversário da cidade de São Paulo de 2022;
* 31 de março (quarta-feira) – Corpus Christi de 2022;
* 01º de abril (quinta-feira) – Dia da Consciência Negra de 2022.

Dia 2 de abril será mantido o feriado nacional da Paixão de Cristo, “sexta-feira santa”.

Covas antecipou em 2020 o Corpus Christi (11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro) serão antecipados para 20 e 21 de maio

O Governo do Estado também antecipou feriados em 2020, como “9 de Julho” (Revolução Constitucionalista)  para o dia 25 de maio.

No ano passado, medida semelhante foi adotada e a gestão avaliou o resultado como positivo, aumento no índice de isolamento e redução na circulação de pessoas, lotação dos ônibus e dos índices de congestionamento.

RODÍZIO

Covas anunciou mudança de horários de rodízio. Das 07h às 10h e das 17h às 20h será liberada a circulação de carros de qualquer placa e as restrições, de acordo com o dia da semana passam a ser das 20h às 05h.

A mudança começa a valer nesta segunda-feira, 22 de março de 2021.

As proibições continuam de acordo com o final da placa e o dia da semana:

segunda-feira: 1 e 2

terça-feira: 3 e 4

quarta-feira: 5 e 6

quinta-feira: 7 e 8

sexta-feira: 9 e 0

Segundo Bruno Covas, o objetivo é reduzir a lotação dos ônibus nos horários de pico e seguir o toque de recolher do Governo do Estado de São Paulo que é justamente das 20h às 05h

O rodízio noturno vigorará inclusive em feriados.

Transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro implica em infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de 4 (quatro) pontos no prontuário do motorista.

Durante o rodízio, os veículos ficam impedidos de circular no Centro Expandido, incluindo as vias que delimitam o chamado Mini Anel Viário, formado pelas marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D´Esccragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

ZONA AZUL, FRETADOS E CAMINHÕES COM RESTRIÇÕES MANTIDAS:

Ficam mantidos o funcionamento da Zona Azul e o horário das demais restrições existentes na cidade: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF).

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta