Diário no Sul

Viação Garcia-Brasil Sul terá mais ônibus com separação entre assentos e poltronas individuais

Modelo Leito Plus tem a configuração mais moderna em operação e irá atender 20 cidades nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo

ALEXANDRE PELEGI

O Grupo Viação Garcia-Brasil Sul anuncia novidades em sua frota já neste mês de março.

A empresa incorpora novos carros com formato interno diferenciado, menor quantidade de poltronas, ampliação no número de assentos individuais e maior distanciamento entre as poltronas duplas.

A frota de ônibus é a mais moderna em operação no Grupo e atenderá inicialmente 20 cidades nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

Dentre as cidades estão Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu, Cascavel, Umuarama, Ponta Grossa, Campinas, São Paulo, Florianópolis e Balneário Camboriú.

No modelo Leito Plus, os novos carros, que já possuíam poltronas e apoios para os pés mais largos e opções de poltronas individuais, trazem como diferença agora a separação entre as poltronas duplas. A configuração exclusiva oferece mais conforto e segurança aos passageiros, e atende à demanda por distanciamento e privacidade.

O Grupo GBS, não à toa, possuí a mais nova frota de veículos rodoviários no mercado nacional.

Em 2020 a empresa realizou vários investimentos em biossegurança.

Vale citar iniciativas como a colocação de cortinas entre poltronas, lavadas a cada viagem, e a aplicação de ozônio e pulverização de quaternário de amônia para garantir eficiência na limpeza e na higienização interna dos ônibus.

Além disso, o Grupo GBS atuou nos embarques nas rodoviárias com o protocolo de biossegurança, que inclui distanciamento físico de dois metros com marcações nas plataformas, medição de temperatura dos passageiros, utilização de tapete higiênico com soluções desinfetantes e sanitizantes para limpeza dos sapatos, além de dispensers internos de álcool em gel e reforço da limpeza interna dos pontos de contato pós-embarque com álcool 70%.

O Grupo opera atualmente com 135 linhas rodoviárias nos estados do Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais, abrangendo o acesso a 222 cidades.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Oraci feijo disse:

    Estou desempregado sou motorista proficional preciso trabalhar tenho 4 filhos só eu trabalho minha esposa cuida da casa pq não consegue trabalho pq temos os filhos então gostaria de pegar trabalho fico muito grato se lerem minha postagem !

  2. Angela disse:

    👏👏👏👏💗💗💗

Deixe uma resposta