Após fim da greve, ônibus de Teresina (PI) operam com 60% da frota

Sindicato das empresas diz que a quantidade de veículos é suficiente. Foto: Glauber Medeiros/Ônibus Brasil.

Reunião com o Tribunal do Trabalho suspendeu a paralisação por 90 dias

WILLIAN MOREIRA

Mesmo com o fim da greve que durou 36 dias no transporte coletivo de Teresina, a cidade conta nesta terça-feira, 16 de março de 2021, com uma frota de veículos menor que o esperado. Cerca de 60% estão em operação de acordo com o Portal O Dia.

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário do Piauí (Sintetro) disse que os funcionários, ao retornarem para seus postos de trabalho, receberam ordem das empresas concessionárias para colocar parte dos veículos nas ruas e não os 300 ônibus, que é a frota total.

O Setut informou ao portal local que 185 ônibus saíram das garagens nesta terça (16) e que não existe demanda de passageiros para utilizar mais de 150 coletivos, sendo este número suficiente.

SOBRE A GREVE

Após pouco mais de um mês de paralisação, o final da greve chegou depois de o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) ter proposto 90 dias de trégua para que sejam buscadas soluções para as questões trabalhistas e a crise financeira das empresas.

Relembre:

Acaba a greve dos ônibus em Teresina (PI) após 36 dias

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta