Com investimento de R$ 89,2 milhões, Tocantins recebe 114 ônibus para renovar frota escolar

Ônibus são do Programa Caminho da Escola. Foto: Divulgação.

Do total, 72,1 milhões são recursos de emendas parlamentares

JESSICA MARQUES

O Estado do Tocantins recebeu na última semana 114 ônibus destinados ao transporte escolar urbano e rural. O investimento foi de R$ 82,9 milhões em recursos públicos, sendo que R$ 72,1 milhões vêm de emendas parlamentares.

A entrega é fruto de parceria firmada entre o Ministério da Educação (MEC), o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e o governo do Estado, por meio do programa Caminho da Escola.

No lote, foram dois modelos de ônibus entregues ao Estado do Tocantins. Um com capacidade para 29 estudantes sentados e o outro com capacidade para 59 alunos sentados.

Segundo o Governo do Estado, todos os veículos estão equipados com Plataforma Elevatória Veicular (PEV) do tipo Dispositivo de Poltrona Móvel (DPM), com vistas a viabilizar, com segurança e autonomia, o transporte dos estudantes com deficiência ou mobilidade reduzida.

“Desde 2019, já foram R$ 720 milhões destinados a estados e municípios para manutenção de veículos, por meio do Programa Nacional de Apoio ao Transporte (Pnate). Só para o Estado do Tocantins foram repassados R$ 7,5 milhões em recursos. O programa tem por objetivo apoiar, no âmbito da educação básica, o acesso e a consequente permanência de alunos residentes em áreas rurais às instituições de ensino, contribuindo para o desenvolvimento, a aprendizagem e o rendimento escolar desses estudantes”, ressaltou o Governo do Estado, em nota.

No ano de 2020, por meio do FNDE, o Ministério da Educação entregou 4.195 ônibus escolares. Entre o final de 2019 e início de 2020, o MEC e o FNDE disponibilizaram atas de registro de preços para aquisição de 6.200 ônibus escolares por parte dos estados e municípios.

No Censo Escolar de 2019, foram registrados 8,5 milhões de alunos que utilizam transporte escolar, o que representa 22% do total de matrículas da rede pública de Educação Básica.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta