No Dia Internacional da Mulher, CPTM inaugura Espaço Acolher

Estação Vila Olímpia, na Linha 9-Esmeralda, recebeu 42ª sala de acolhimento para vítimas de importunação sexual

JESSICA MARQUES

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) inaugurou nesta segunda-feira, 08 de março de 2021, Dia Internacional da Mulher, a 42ª sala do Espaço Acolher.
O local oferece atendimento humanizado e com privacidade a mulheres vítimas de violência ou importunação sexual nos trens e estações da companhia. O suporte é dado longe do agressor e feito por uma pessoa preparada para lidar com a situação.
Segundo a companhia, a iniciativa de preparar e abrir o espaço para receber estas mulheres foi dos próprios colaboradores da estação, “cientes da importância de acolher e direcionar corretamente as vítimas destes crimes que precisam ser eliminados não apenas da CPTM, mas de toda sociedade”.
Com a chegada do Espaço Acolher à Estação Vila Olímpia, dez estações da Linha 9-Esmeralda passarão a contar com a sala de atendimento.
“Vale lembrar que todas as sete linhas da CPTM possuem o serviço, com um importante diferencial: se a vítima sofrer a agressão em um local que não possua a sala, ela precisará se locomover por apenas uma estação, em qualquer sentido, para encontrar o suporte”, informou a CPTM, em nota.
Além da nova sala, a CPTM possui Espaços Acolher nas seguintes estações:
• Linha 7-Rubi: Água Branca, Várzea Paulista, Francisco Morato, Franco da Rocha, Perus, Vila Aurora e Pirituba;
• Linha 8-Diamante: General Miguel Costa, Barueri, Carapicuíba, Domingos de Moraes e Itapevi;
• Linha 9- Esmeralda – Granja Julieta, Grajaú, Jurubatuba, Berrini, Hebraica-Rebouças, Pinheiros, Villa-Lobos – Jaguaré e Osasco;
• Linha 10-Turquesa – Rio Grande da Serra, Mauá, Santo André, São Caetano do Sul e Tamanduateí;
• Linha 11-Coral – Mogi das Cruzes, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Guaianases, José Bonifácio e Bom Bosco;
• Linha 12-Safira – Itaquaquecetuba, Itaim Paulista e São Miguel Paulista;
• Linha 13-Jade – Aeroporto-Guarulhos.
E nas estações de integração:
Luz (Linhas 7-Rubi e 11-Coral), Brás (Linhas 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira), Tatuapé (Linhas 11-Coral e 12-Safira), Osasco (Linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda), Engenheiro Goulart (Linhas 12-Safira e 13-Jade) e Palmeiras Barra Funda (Linhas 7-Rubi e 8-Diamante).

GRAFITE

Também em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, um grafite com uma imagem da enfermeira Mônica Calazans, primeira pessoa a ser vacinada contra a covid-19 no Brasil, foi feito neste final de semana na Estação José Bonifácio, na Linha 11-Coral da CPTM.
O painel é de autoria do artista Todyone, que também homenageará outras mulheres em outros painéis que serão feitos no local.
Conheça o grafite e veja um depoimento da própria Mônica Calazans: https://www.instagram.com/p/CMJ3cXhJLHj/?igshid=tw0j5vb1da2q

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta