Volta Redonda (RJ) decreta toque de recolher e ônibus só com passageiros sentados

Ônibus em Volta Redonda (RJ)

Com exceção de profissionais de saúde e segurança, ninguém poderá circular das 23h às 05h a partir de domingo (07)

ADAMO BAZANI

O prefeito de Volta Redonda (RJ), Antônio Francisco Neto, publicou nesta sexta-feira, 05 de março de 2021, decreto com medidas restritivas para tentar impedir o avanço da covid-19.

A partir de domingo, 07 de março de 2021, entra em vigor um toque de recolher que impede que qualquer pessoa circule ou esteja em vias públicas das 23h às 05h, com exceção de moradores em situação de rua e profissionais de segurança e saúde.

Considerando o fechamento do comércio, inclusive de bares e restaurantes, conforme estabelecido neste decreto, fica vedada a permanência de indivíduos nas vias, áreas e praças públicas do Município, exceto no caso da população em situação de rua, bem como de profissionais de saúde e segurança pública, devidamente identificados, além de indivíduos que estejam em trânsito de suas residências para locais de trabalho, comprovando o horário de entrada e saída nos turnos, a partir das 23 horas, até as 05 horas do dia seguinte

Os ônibus só poderão circular com passageiros sentados.

Os coletivos de transporte somente poderão trafegar com passageiros sentados; sendo necessária por conta da demanda, a concessionária deverá disponibilizar maior número de horários e coletivos que viabilizem o cumprimento do Decreto

A empresa de ônibus deve realizar a higienização contínua dos assentos e superfícies de contato dos coletivos, além de disponibilizar álcool 70% aos usuários do serviço na entrada e na saída dos veículos.

Os bares, restaurantes e congêneres ficam autorizados a funcionar de portas abertas até as 21h30, sendo permitido após este horário o funcionamento somente nas modalidades drive-thru e delivery.

As missas, cultos e outras celebrações devem ser realizadas mediante agendamento prévio dos participantes e com apenas 30% da capacidade.

Veja o decreto na íntegra:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. MARIA DE LOURDES PEREIRA disse:

    COMO que vai acabar a pandemia se durante o dia vai estar td mundo nas ruas andando pra lá é pra cá.

Deixe uma resposta para MARIA DE LOURDES PEREIRA Cancelar resposta