Greve de motoristas da Saritur na Grande BH terminou na tarde dessa quarta (03)

Foto: Yan Avelino / Ônibus Brasil

Após assinatura de acordo entre empresa e motoristas, 35 linhas voltaram a circular atendendo Contagem e BH

ALEXANDRE PELEGI

Após a empresa de ônibus Saritur se comprometer a depositar férias e tíquetes alimentação em atraso até esta sexta-feira (5), chegou ao fim na tarde de ontem, 03 de março de 2021, a greve de motoristas que afetou 35 linhas do transporte circular em Belo Horizonte e região metropolitana.

A empresa, no entanto, não aceitou voltar atrás na redução de 10% no salário dos motoristas que atuam também na função de cobrador.

Como o Diário do Transporte mostrou nesta quarta (03), motoristas e demais funcionários da empresa Saritur cruzaram os braços logo cedo reclamando de atrasos em salários e vale-alimentação, afetando 35 linhas em Contagem e Belo Horizonte.

Em declaração ao jornal O Tempo, a subsecretária de Transporte e Mobilidade do governo de Minas Gerais, Mônica Salles Lanna, explicou que a paralisação de ontem ocorreu em uma empresa específica que integra um dos conjuntos de concessionárias que atuam na Grande BH. Ela informou ao jornal que as demais concessionárias receberam comunicado do governo solicitando que o serviço fosse garantido ao público.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta