Assis (SP) decreta gratuidade no transporte coletivo urbano

Tarifa zero ficará em vigor enquanto durar a pandemia de covid-19, segundo a Prefeitura. Foto: Divulgação.

Medida entra em vigor a partir de segunda, 1º de março

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Assis, no interior de São Paulo, decretou gratuidade no transporte coletivo urbano municipal. A medida vai entrar em vigor a partir de segunda-feira, 1º de março de 2021.

Segundo o prefeito José Fernandes, a tarifa zero fica em vigor enquanto durar a pandemia de covid-19. A gratuidade foi normatizada por meio do Decreto 8.377, publicado nesta quarta (24).

Em nota, a Prefeitura informou que a medida visa diminuir o déficit financeiro no sistema de transporte público coletivo, uma vez que o custo operacional do sistema tem sido muito maior do que o valor recolhido a título de tarifa pública pelos usuários.

De acordo com o decreto, os técnicos municipais constataram também a viabilidade na adequação do sistema, por meio da integração das linhas e horários, remodelando o sistema operacional e gerencial, de acordo com a necessidade dos usuários.

“Nós decidimos implantar a gratuidade no transporte público coletivo urbano porque constatamos que o maior número de usuários tinha a gratuidade e os valores recebidos não eram suficientes para custear todas as despesas do sistema de transporte. Vamos fazer a integração de linhas e horários, para melhor atender nossa população”, afirmou o prefeito, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta