Mostra de fotos na Linha 5-Lilás homenageia história do Carnaval de São Paulo

Exposição fica disponível até 28 de fevereiro. Foto: Divulgação.

Imagens de personagens relevantes da festa podem ser vistos na Estação Moema

JESSICA MARQUES

Uma mostra de fotos na Linha 5-Lilás de metrô, na capital paulista, homenageia a história do Carnaval de São Paulo e pode ser conferida até 28 de fevereiro. As imagens de personagens relevantes da festa podem ser vistos na Estação Moema.

A ViaMobilidade, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás de metrô de São Paulo, também disponibilizou a mostra no Facebook (https://www.facebook.com/ViaMobilidadeSP).

A festa de Carnaval foi suspensa neste ano por causa da pandemia de covid-19, mas pode ser rememorada nas fotografias da exposição “Carnaval em Destaques”, sob a curadoria do jornalista Maurício Coutinho. Em 20 painéis, o público pode conhecer as fantasias mais marcantes do Carnaval, confeccionadas artesanalmente para personagens que desfilam nos carros alegóricos das escolas de samba de São Paulo.

Em 2020, o Carnaval foi reconhecido como patrimônio imaterial do estado de São Paulo. O título é uma forma de manter preservada a memória da festividade, sua história e características, assim como o trabalho de quem se dedica à atividade, mantendo viva a tradição.

“Um destaque de Carnaval começa sua aventura ao receber o figurino do carnavalesco, com os desenhos, cores e materiais que remetem ao enredo. Em seguida, vem a confecção da fantasia, um processo trabalhoso, mas ao mesmo tempo prazeroso pelo impacto que irá gerar na passarela”, diz o curador Coutinho.

Para Juliana Alcides, gestora de Sustentabilidade da ViaMobilidade, a mostra é mais uma demonstração do compromisso da empresa em levar arte e cultura para quem circula pelas estações da Linha 5-Lilás e, em tempos de pandemia, nas redes sociais. “Além de garantir transporte seguro e confortável, nosso objetivo é colocar as pessoas em contato com diversas manifestações artísticas“, afirma.
Jessica Marques para o Diário do Transporte
Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta