Cidades do Litoral Paulista barram ônibus de modalidades de fretamento para impedir avanço da covid-19 no Carnaval

Ônibus de fretamento poderão ser parados. Imagem somente ilustrativa

Apenas estão liberados ônibus de fretamento contínuo, que transportam trabalhadores, ou os contratados por hotéis

ADAMO BAZANI

As cidades do litoral paulista decidiram criar barreiras sanitárias e restringir o acesso de vans, micro-ônibus e vans de fretamento durante o período de Carnaval para evitar aglomerações e a disseminação da covid-19. As normas entram em vigor nesta sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021.

O Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), que reúne os prefeitos da área, disse que cada cidade possui autonomia para as atitudes que deve tomar, mas que todas adotam algum tipo de restrição.

Confirmaram proibição aos fretados as cidades de Santos, Guarujá e Peruíbe.

As demais cidades vão intensificar a fiscalização.

No Litoral Norte, o fretamento está proibido em Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba.

Só poderão circular ônibus de fretamento contínuo, como os que transportam trabalhadores, ou ônibus, micro-ônibus e vans contratados por hotéis para transportar hóspedes.

As demais modalidades de fretamento estão proibidas.

Os moradores e turistas devem estar atentos às barreiras sanitárias em diversas cidades do Litoral Sul e do Litoral Norte.

Carros comuns e até ônibus de linhas regulares podem ser fiscalizados.

A maior parte dos prefeitos diz que as ações serão educativas, com medição de temperatura e distribuição de folhetos com orientações.

As praias não serão fechadas, mas haverá normas que limitem o comércio ambulante de determinem o distanciamento entre as pessoas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta