Linha 7-Rubi da CPTM opera com lentidão

Passageiros já enfrentam superlotação. Foto: Ana/Reprodução Twitter.

Segundo a Companhia, problema ocorre devido a uma falha de energia entre as estações Luz e Pirituba

JESSICA MARQUES

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) informou que a Linha 7-Rubi opera com lentidão por volta das 14h desta quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021.

Uma falha de energia entre as estações Luz e Pirituba causa o problema. A informação foi divulgada pela companhia por meio das redes sociais. Não foi divulgada previsão de normalização.

Os passageiros relatam nas redes sociais que os trens não estão parando nas estações Piqueri e Água Branca. Os usuários afirma ainda que a CPTM não informa detalhes sobre a operação.

NOTA OFICIAL

Em nota ao Diário do Transporte, a CPTM informou que a falha foi na rede aérea e detalhou as alterações na operação:

Por volta das 13h30 desta quinta-feira (11/02) houve uma falha na rede aérea na Linha 7-Rubi da CPTM nas proximidades da Estação Piqueri. Por conta da interrupção no fornecimento de energia aos trens, as composições que saem de Jundiaí com destino ao Brás não estão parando nas estações Piqueri e Água Branca.

Desta forma, os passageiros que querem desembarcar nestas duas estações devem seguir até a Estação Barra Funda e retornar, visto que no sentido contrário (Brás-Jundiaí) os trens param nestas duas estações. Apesar deste transtorno, o intervalo médio entre os trens não foi alterado.

As equipes de manutenção já estão atuando para solucionar a falha e as causas ainda estão sendo analisadas. A CPTM pede desculpas aos passageiros pelos transtornos.

SETE HORAS DE FALHA

Nesta quarta (10), a linha apresentou falha por aproximadamente sete horas.

Relembre:

Após falha de sete horas, Linha 7-Rubi da CPTM tem operação normalizada

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta