Ceará suspende transporte intermunicipal de 12 a 17 de fevereiro

Segundo decreto, as ações têm como objetivo impedir o colapso no sistema de saúde e a maior propagação do vírus. Foto: Ivan Santos/Ônibus Brasil.

Medida vale para todo o estado, exceto a região metropolitana de Fortaleza e inclui a implantação de barreiras sanitárias

WILLIAN MOREIRA

O Governo do Estado do Ceará suspendeu a circulação do transporte intermunicipal de 12 a 17 de fevereiro de 2021, exceto no âmbito metropolitano. A medida foi tomada após reunião com o Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus, com o objetivo de promover o isolamento social no período de Carnaval.

A restrição da circulação de veículos de transporte coletivo em áreas turísticas entrará em vigor com o cancelamento do ponto facultativo e da proibição de festas nas datas.

Segundo o governador do Estado, Camilo Santana em nota divulgada para a imprensa, o número de casos continua crescendo no Ceará e as medidas de prevenção são necessárias para o momento atual.

“Estamos buscando acelerar ao máximo o processo de vacinação. O número de casos continua crescendo no Ceará, bem como a ocupação dos equipamentos de saúde, e somente com medidas de prevenção poderemos superar mais este momento difícil da pandemia”, explicou Camilo.

FORTALEZA

A cidade de Fortaleza terá, nestes dias, um controle da entrada e saída dos veículos, com a liberação somente em casos de urgência como questões de saúde, transporte de cargas, atividades judiciais quando convocados por autoridades competentes, imprensa, entre outros.

O transporte intermunicipal de passageiros, seja individual ou coletivo, regular e complementar ficará suspenso, exceto na região metropolitana.

Nas localidades de atividades turísticas, barreiras sanitárias serão montadas nestes municípios com medidas mais restritivas conforme a situação de cada um em relação a pandemia. Um reforço policial será colocado em prática como suporte das prefeituras no cumprimento das regras do decreto.

O documento também impede as atividades em parques aquáticos e coloca o horário limite de até as 15h para a montagem de barracas de praia.

Veja abaixo o decreto na íntegra:

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta