Protesto atribuído a caminhoneiros atinge Rodovia Castelo Branco

Polícia Militar Rodoviária acompanha circulação

Pequeno grupo exibe faixas e bloqueia parte da pista

WILLIAN MOREIRA

Um protesto atribuído a um grupo de caminhoneiros fazem no começo da manhã desta segunda-feira, 1° de fevereiro de 2021, afeta o tráfego na região do Km 30 da Rodovia Presidente Castelo Branco, em Itapevi, na Grande São Paulo.

Apesar de ser um grupo pequeno, o impacto de duas faixas interditadas já causa um trânsito significativo no caminho em direção a capital paulista.

A Polícia Militar Rodoviária acompanha a ação do grupo de manifestantes.

O grupo ostenta faixas contra aumento de impostos no Estado de São Paulo.

Este protesto não se trata da greve de caminhoneiros que foi anunciada. A pauta é diferente, tendo como foco a carga tributária em São Paulo.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Tem que parar TUDO mesmo! Principalmente …sitiar o Palácio dos Bandeirantes! E ir a Brasília tmb ! Chega de presepadas !

  2. DIEGO disse:

    Não entendo isso de paralisação. Os caminhoneiros que alavancaram a eleição do “mito”. Segundo eles, com o “mito” na presidência tudo ia mudar e mudou mesmo, o díesel subiu mais ainda, o pedágio subiu mais ainda porém a tabela de frete ou ficou estável ou encolheu. Greve pra que gente? Deixa o “mito” governar. Quem sabe em 2022 aprendem a votar.

Deixe uma resposta