Caminhoneiros: sem greve por enquanto, apenas manifestações isoladas e sem grandes impactos ao tráfego

Foto: Caminhão em estrada paulista - Arquivo meramente ilustrativa

De acordo com Ministério de Infraestrutura e PRF, principais rodovias estão sem bloqueios

ADAMO BAZANI

Até por volta das 10h desta segunda-feira, 01º de fevereiro de 2021, nada da greve dos caminhoneiros pelo Brasil.

O que têm ocorrido até o momento são manifestações isoladas, uma parte com pautas estaduais diferentes das reivindicações anunciadas pelas lideranças que anunciaram a greve.

É o que ocorreu no início da manhã na rodovia Castelo Branco na Grande São Paulo.

Um pequeno grupo atribuído a caminhoneiros ocupou duas faixas da rodovia com impactos no trânsito por aproximação.

A pauta era contra o fim das desonerações do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de acordo com as inscrições em faixas levadas pelos manifestantes.

Na região de Sorocaba e Jundiaí, no interior paulista, houve manifestações na Rodovia Raimundo Antunes Soares (SP-79), em Votorantim (SP), em Salto de Pirapora (SP), na Rodovia João Leme dos Santos (SP-264). Em nenhum dos casos, houve bloqueios de rodovias.

O Minfra (Ministério da Infraestrutura) e PRF (Polícia Rodoviária Federal) informaram que na manhã desta segunda-feira, as principais rodovias federais estavam livres.

Houve atos também em Cana Verde, Minas Gerais; Itatim e Vitória da Conquista, na Bahia, Colinas, no Tocantins.

Na região metropolitana de Salvador, houve uma concentração na BA 526, mas sem restrição total de tráfego.

No Porto de Santos (SP), os profissionais decidiram que vão trabalhar normalmente.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta