Motoristas de ônibus fazem protesto em Paranaguá, que está em greve há duas semanas

Trabalhadores e empresas não entraram em acordo

Além de passeata, trabalhadores colocaram os coletivos nas ruas e fizeram “catraca livre”

ADAMO BAZANI

Motoristas e demais funcionários da Viação Rocio, que presta serviços em Paranaguá (PR), iniciaram na manhã desta sexta-feira, 29 de janeiro de 2021, uma manifestação pelas ruas da cidade.

Em passeata e com ônibus, o grupo percorreu vias da cidade, entre a garagem da empresa, a prefeitura e o terminal urbano.

Mais uma vez, não houve acordo entre a empresa e os trabalhadores por meio do Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários e Anexos da cidade (Sindicap).

Alguns trabalhadores liberaram as portas traseiras dos ônibus para que os passageiros sejam transportados sem a cobrança de passagem.

Os profissionais estão em greve desde 14 de janeiro de 2021, data em que os ônibus passaram a operar somente em horários de domingo em algumas linhas:

Alexandra BR 277

Jardim Esperança (via Vila Garcia)

Porto Seguro (via Dininéia – Labra)

Santa Helena (via Jardim Iguaçu)

São Vicente

Trabalhador (via Vila Guarani)

Vila Primavera

Os trabalhadores querem que a companhia faça o pagamento integral dos salários, que tem sido parcelo em três vezes. Ainda de acordo com a categoria, há parcelas em atraso.

Uniformes e melhores condições de trabalho estão entre outras reivindicações.

A empresa alega estar em dificuldades financeiras, agravadas pela queda de demanda provocada pela pandemia de covid-19.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. DIEGO disse:

    Essa empresa é do Grupo Constantino?

Deixe uma resposta