Prefeitura de Araras (SP) retira projeto que permitiria a privatização os transporte coletivo

Caso a Lei Orgânica fosse alterada, uma licitação poderia ser feita no setor. Foto: Reginaldo Vieira/Ônibus Brasil

O projeto foi protocolado na Câmara Municipal pela antiga gestão em dezembro de 2020 e pedia a alteração do artigo 227 da Lei Orgânica

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Araras, no interior de São Paulo, sob a administração de Pedrinho Eliseu, enviou nessa sexta-feira, 22 de janeiro de 2021, um pedido à Câmara Municipal para retirar um projeto de emenda na LOMA (Lei Orgânica do Município de Araras) que iria permitir a privatização do transporte coletivo na cidade.

A intenção de conceder o transporte por ônibus foi pedido pela antiga gestão no final do ano de 2020 e, caso fosse aprovada, seria o primeiro passo para o surgimento de um edital sobre o tema futuramente.

Em Araras a operação do transporte coletivo urbano é realizado pela gestão municipal desde 1984, através do TCA (Serviço Municipal de Transportes Coletivos de Araras).

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Marcos Antônio de Assis disse:

    Acho que tem coisas muito mais importante pra se fazer na cidade tipo recapeamento asfáltico tá parecendo um queijo buraco por todas as partes. Transporte coletivo na minha opinião funciona até bem

Deixe uma resposta