DF lança licitação para reforma do Terminal Rodoviário Gama Centro

Terminal apresenta problemas antigos de estrutura. Foto: Acácio Pinheiro/Agência Brasília - Arquivo

Valor estimado será de R$ 4,6 milhões e obras devem durar 18 meses

ADAMO BAZANI

O Governo do Distrito Federal lançou nesta quarta-feira, 20 de janeiro de 2021, o edital da licitação para a reforma do Terminal Rodoviário Gama Centro.

O contrato tem um valor estimado em R$ 4,6 milhões (R$ 4.611.841,19) e o prazo para conclusão da obra é de 18 meses.

As propostas devem ser entregues até o dia 19 de fevereiro de 2021.

São várias intervenções previstas como a recuperação e a atualização das redes de instalações de água, esgoto, elétrica, telefônica, prevenção contra incêndio e acessibilidade.

A estrutura, que está defasada, deverá ser adequada à demanda atual.

Segundo nota do GDF (Governo do Distrito Federal), entre os boxes de paradas dos ônibus serão construídas calçadas dotadas de rotas acessíveis e serão eliminados os degraus das plataformas e das áreas comerciais do terminal.

“Com a reforma, os 18 boxes do terminal serão realocados de forma que o telhado da edificação passe a proteger os usuários das intempéries no embarque e desembarque. O telhado será substituído e a cobertura ficará mais alta. Além disso, será feita a reformulação dos sistemas elétrico, hidráulico, esgotamento sanitário e combate a incêndio, reforma dos seis banheiros e áreas administrativas, reconstrução do pavimento das áreas de circulação dos ônibus além da substituição de revestimentos de pisos e paredes das áreas comuns.” – completa a nota

A Semob – Secretaria de Mobilidade do Governo do Distrito Federal informou ainda que o terminal rodoviário Gama Centro ocupa um terreno de 5.760,00 m², próximo a diversos órgãos públicos em área de grande movimentação de pessoas. O espaço dispõe de 24 vagas para estacionamento de ônibus. Além das 23 linhas urbanas, o terminal recebe viagens do transporte rodoviário interestadual e semiurbano.

Só a frota do DF no terminal chega a 75 veículos, com 687 viagens de segunda a sexta, 464 aos sábados e 314 aos domingos. O terminal também possui cerca de 80 permissionários que desenvolvem diversas atividades comerciais, tais como lanchonetes, restaurantes, lotérica, farmácia, lojas de roupas e suprimentos de informática.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta