Sem ônibus há dez meses, Itabuna (BA) decreta emergência e vai contratar viação sem licitação

Viação Sorriso da Bahia desistiu do sistema em decorrência da crise de covid-19

Contratação será por 180 dias até licitação para escolher nova empresa

ADAMO BAZANI

A prefeitura de Itabuna, na Bahia, decretou situação de emergência no transporte coletivo e vai contratar uma empresa de ônibus sem licitação.

A contratação será emergencial por 180 dias até a conclusão de uma licitação que vai determinar uma opera em longo contrato.

A situação de emergência na cidade foi publicada em diário oficial por meio de um decreto e, como principal justificativa, está a essencialidade do transporte coletivo.

A prestação do serviço regular foi suspensa no início da pandemia de covid-19, em março.

Parte das linhas voltou até a operar no decorrer deste período, mas de forma irregular.

Houve também greves de trabalhadores das empresas da cidade por falta de pagamento.

De acordo com o decreto de 12 de janeiro de 2021, a empresa Sorriso Ltda decidiu unilateralmente romper o contrato do lote 01 por meio de uma carta de renúncia e a empresa São Miguel se recusou a retomar as atividades operacionais alegando falta de condições técnica e financeira.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Kika disse:

    OS PARTICIPANTES DO ENEM FICAM DESAMPARADOS PELA INCOMPETÊNCIA DOS GOVERNANTES DESSA TERRA DE NINGUÉM . AFF!

Deixe uma resposta