ÁUDIO: Todas as cidades do ABC Paulista vão congelar as tarifas de ônibus em 2021, confirma Paulo Serra

Ônibus em Mauá, uma das cidades do ABC Paulista

Presidente do Consórcio Intermunicipal do ABC disse que decisão foi consenso entre os prefeitos das sete cidades

ADAMO BAZANI

Colaborou Jessica Marques

Nenhuma cidade do ABC Paulista vai aumentar a tarifa de ônibus em 2021.

A informação é do presidente do Consórcio Intermunicipal ABC e prefeito de Santo André, Paulo Serra.

Os prefeitos das sete cidades realizaram nesta terça-feira, 12 de janeiro de 2021, a primeira reunião do ano.

Algumas cidades como Santo André, São Bernardo do Campo e Ribeirão Pires já haviam anunciado oficialmente o congelamento das tarifas, restando ainda confirmar São Caetano do Sul, Mauá, Diadema e Rio Grande da Serra.

Paulo Serra afirmou que o congelamento envolve toda a região.

“As tarifas já foram congeladas em todas as cidades. Foi consenso também entre os prefeitos, as sete cidades neste ano” – afirmou ao fim da reunião (veja as tarifas mais abaixo)

Ouça:

Como mostrou o Diário do Transporte, Paulo Serra disse também que a discussão sobre as gratuidades nos ônibus municipais para idosos entre 60 e 64 anos foi adiada diante da urgência de outros temas, como vacinação no ABC contra a covid-19 e volta às aulas na pandemia.

Assim, pelo menos no início de 2021, o benefício será mantido para estes passageiros.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/01/12/com-discussao-adiada-abc-paulista-mantem-gratuidade-para-idosos-entre-60-e-64-anos-nos-onibus-municipais/

TARIFAS NO ABC:

Santo André:

Tarifa: R$ 4,75

– Consórcio União Santo André (linhas comuns): formado pela Viação Guaianazes, Viação Vaz, TCPN (Transportes Coletivos Parque das Nações), ETURSA (Empresa de Transporte Urbano e Rodoviário de Santo André) e EUSA (Empresa Urbana Santo André).

– Suzantur: opera o sistema tronco-alimentado da região da Vila Luzita até o centro de Santo André, de forma provisória até a licitação do sistema que deveria ter sido realizada em 2016.

São Bernardo do Campo:

Tarifa: R$ 4,75

– BR7 Mobilidade

São Caetano do Sul:

Tarifa: R$ 4,50

– Vipe (Viação Padre Eustáquio)

Diadema:

Tarifa: R$ 4,65 (básica)

– Suzantur

– MobiBrasil

Mauá:

Tarifa: R$ 4,30

Suzantur

Ribeirão Pires:

Tarifa: R$ 4,40

– Rigras (comprada pela Suzantur)

Rio Grande da Serra:

Tarifa: R$ 4,20

– Viação Talismã

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Colaborou Jessica Marques

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta