Diário no Sul

Bagé (RS) altera tarifa de ônibus para R$ 4,15 a partir de segunda-feira (11)

Foto: Mateus dos Santos Barros / Ônibus Brasil

Valores não eram alterados desde 2018

ALEXANDRE PELEGI

A prefeitura de Bagé, interior do Rio Grande do Sul, definiu o novo valor da tarifa do transporte coletivo municipal.

A partir da próxima segunda-feira, 11 de janeiro de 2021, as passagens de ônibus passarão dos atuais R$ 3,65 para R$ 4,15.

Segundo a prefeitura, o reajuste de 13,69% ocorre após dois anos de tarifa congelada. A prefeitura alega que, no somatório dos quatro anos de mandato, este foi o menor índice de reajuste desde 2008, quando o modelo de concessão do transporte público foi implantado.

O novo cálculo tarifário foi apresentado em reunião do Conselho Municipal de Trânsito e Transporte Urbano e Rural (Comtur) pela empresa Procidades, contratada especificamente para este fim.

A Procidades sugeriu o valor de R$ 4,19.

A prefeitura, no entanto, reduziu o valor para R$ 4,15.

A prefeitura cita várias melhorias no transporte local, como os 14 novos veículos adquiridos pelas duas empresas que prestam o serviço, a renovação de 30 abrigos, e o empenho em aplicar tecnologias para a melhoria da mobilidade urbana no município.

O secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, José Carlos Nobre, cita uma série de questões que impactam no valor das tarifas de transporte público. “Temos mais de 14 mil idosos, que dispõem da gratuidade; 17 mil estudantes, que pagam meia passagem. Além disso, estamos num momento de pandemia, com a diminuição de usuários de ônibus, e tivemos grandes reajustes nos insumos no ano passado”, enumerou.

Ainda segundo o secretário, mesmo com todos esses componentes impactando os valores, o Governo Municipal tem conseguido manter o que ele qualifica como “reajustes razoáveis”. “Não somente mantemos os valores o mais baixo possível, mas também conseguimos garantir um transporte de qualidade”.

Dentre as melhorias no transporte local, além dos novos ônibus e da renovação dos abrigos, Bagé conseguiu nos últimos quatro anos implantar a bilhetagem eletrônica, com reconhecimento facial, além do aplicativo MOOVIT, por meio do qual a população pode saber os horários dos ônibus.

Para os próximos meses, segundo o secretário José Carlos Nobre, a expectativa é a de continuidade na renovação da frota e da implantação de mais 60 novos abrigos, nos principais bairros, priorizando escolas e postos de saúde.

O transporte municipal é atendido pelo Consórcio CTC Bagé, composto pelas empresas Anversa Transporte Coletivo e Stadtbus Transportes.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta