Licitação dos transportes de Criciúma (SC) tem apenas uma proposta das empresas que já operam na cidade

Ônibus da empresa Forquilinha

CCTU é formado pela Expresso Forquilinha e ofereceu tarifa de R$ 4,24

ADAMO BAZANI

A licitação dos transportes coletivos de Criciúma, em Santa Catarina, teve apenas uma proposta que foi feita pelas empesas que já operam no município.

O contrato será de 25 anos e a abertura do envelope ocorreu nesta quinta-feira, 07 de janeiro de 2021.

A proposta é do Consórcio Criciumense de Transporte Urbano (CCTU) liderado pela Expresso Coletivo Forquilhinha.

O principal critério da concorrência é o valor da tarifa de remuneração.

O CCTU ofereceu proposta de R$ 4,24, apenas um centavo a menos que o valor máximo previsto no edital, de R$ 4,25.

Já a outorga oferecida foi de R$ 20,4 milhões. O edital exigia um valor mínimo de R$ 20 milhões.

A prefeitura agora analisa a documentação do consórcio que, estiver de acordo com o edital, será homologado para o sistema que atualmente conta com 67 linhas.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta