Informe publicitário

Gestão de projetos para o transporte público: por que ela é essencial para o sucesso da implementação de uma tecnologia?

Modernizar o sistema de transporte, adicionar novas tecnologias às operações ou, até mesmo, implementar pela primeira vez a bilhetagem eletrônica são processos que demandam tempo, dedicação e, normalmente, a capacidade do operador de transportes de gerenciar diferentes variáveis ao mesmo tempo.

Lidar com toda essa complexidade — tempo, orçamento, escopo, pessoas etc. — é um grande desafio para qualquer empresa, e os esforços, tanto do operador quanto dos fornecedores das tecnologias, devem ser administrados de forma eficiente para que a entrega esteja totalmente alinhada aos objetivos de cada negócio.

Nessa etapa, uma equipe especializada em gestão de projetos dá a estrutura necessária para que a implementação seja executada de forma satisfatória, gerenciando as pessoas envolvidas, garantindo prazos, preparando treinamentos, intermediando customizações quando necessário e articulando todas as entregas.

A Empresa 1 é especialista em sistemas de bilhetagem eletrônica e nesta matéria compartilha conhecimentos e experiência na gestão de projetos para o transporte público, nos mais variados contextos.

Como a gestão de projetos para o transporte público é trabalhada na Empresa 1

Para garantir que as soluções sejam implementadas conforme as expectativas e efetivamente adaptadas ao sistema de transporte de cada cliente, o escritório de projetos da Empresa 1 atua com processos que acompanham cada fase do gerenciamento, como você pode ver neste fluxo:

.

Todas as atividades de gerenciamento são baseadas no PMBOK, que é um conjunto de práticas internacionalmente difundidas para a gestão de projetos, das metodologias tradicionais às mais inovadoras. Na nossa carteira estão projetos de desenvolvimento, de implantação (dos mais simples aos mais complexos), pilotos, projetos internos, integração de tecnologias, entre outros, e estamos preparados para conduzir também iniciativas internacionais.

Personalização e inovação

Apesar de nossas soluções serem desenvolvidas para terem ampla aderência em diversos contextos, muitas vezes nos deparamos com projetos que demandam customização, seja a inclusão de novas funcionalidades, integrações específicas, adequação a regras de negócios próprias, entre outros.

Um dos grandes desafios da introdução de uma nova tecnologia nesse sentido é justamente adequá-la ao contexto em que o sistema está inserido e às necessidades da operação. Para tratar dessas características pontuais de cada implementação, nosso escritório de projetos conta com a base de conhecimento da Empresa 1, que, aliada às metodologias da área, permite a entrega de projetos com níveis elevados de qualidade e aderência.

O desenvolvimento do recadastramento estudantil para o transporte coletivo na cidade de Criciúma (SC) é um dos exemplos que ilustra como essa aproximação é feita. Funcionalidades específicas do aplicativo idealizado para o projeto foram desenvolvidas junto ao cliente, que, com a intermediação do escritório de projetos, participou efetivamente da construção da solução, o que resultou em mais aderência à realidade da operação.

Em Sorocaba (SP), quando modernizamos o sistema de transporte da cidade, introduzindo tecnologias como validadores online e pagamento com QR-Code — embarcado e nas estações —, para garantir adaptação e funcionamento plenos das soluções, a estratégia adotada pelo escritório de projetos foi testá-las previamente em um ambiente simulado dentro do setor de Engenharia. Como se tratava de uma troca de tecnologia, foi criado também um “ambiente de transição” e versões específicas do software.

Essas ações não estavam previstas no escopo inicial da proposta, foram sinalizadas pelo escritório de projetos e direcionadas para mitigar problemas em campo. A solução foi tão eficaz, que passou a ser uma estratégia recorrente na área de Engenharia da E1 e foi utilizada para outas demandas, gerando um enorme ganho para nossos clientes.

Gestão de projetos para integrações com novos meios de pagamento

Quando implementamos o EMV como modalidade de pagamento na Supervia, no Rio de Janeiro (RJ), uma iniciativa criada especialmente para a Copa América, o projeto envolvia muitos parceiros, desde a administradora dos cartões até outros fornecedores, como o da antena para transmissão dos dados e o dos serviços de aquirencia.

Para gerenciar toda essa complexidade durante a implementação, o escritório de projetos realizou, semanalmente, um follow up com todos os envolvidos, direcionando as ações necessárias, centralizando o contato com os fornecedores e dando os retornos sobre o andamento do projeto para o cliente.

Para que essa centralização das demandas fosse realizada de forma eficiente, tivemos um amplo entendimento da solução e de como ela entraria em operação na Supervia. Além disso, realizamos um projeto piloto com 25 unidades de validador para avaliar o desempenho da tecnologia em funcionamento.

Adaptação para regras de negócios específicas

Outro projeto, também na cidade do Rio de Janeiro, que ilustra bem a forma como o escritório de projetos atua para que a solução se encaixe de forma eficiente na operação do cliente foi a implantação do sistema de biometria facial. O Sigom Vision, nosso sistema de Biometria Facial, foi implementado em 24 mil carros que operavam com validadores de outro fornecedor. Além disso, os clientes tinham regras de negócios específicas, que precisavam ser seguidas.

O escritório de projetos teve um papel fundamental na integração de todos os stakeholders envolvidos, com alinhamento de expectativas, direcionamento dos problemas e definição de ações corretivas a fim de evitar conflitos de interesse, falta de alinhamento e ausência de informações.

Implementações durante a pandemia: novas formas de entregar valor

Com a pandemia, diante de todas as dificuldades,  esses processos se fortaleceram e ficaram ainda mais dinâmicos para que conseguíssemos atender os prazos do cliente e a coordenação de recursos no contexto do distanciamento social. Implementamos recentemente dois projetos — Porto Velho (RO) e Bragança Paulista (SP) — nesse cenário à distância.

Adotamos estratégias para avançar com todas as entregas de forma inicialmente 100% remota. Para lidar com os desafios nesse contexto, buscamos conhecimentos em práticas emergentes de gerenciamento de projetos ágeis. Isso nos permitiu estabelecer maior transparência nas comunicações, tornando-as descentralizadas (aumento dos canais de comunicação). Todos os envolvidos estabeleceram relações de parceria e colaboração em diversos pontos do projeto, onde as responsabilidades eram verdadeiramente divididas e compartilhadas e as mudanças eram absorvidas diante dos cenários incertos, por ambos os lados.

O escritório de projetos é um setor estratégico, tanto para a Empresa 1 quanto para os clientes, e está em constante desenvolvimento, seja absorvendo práticas inovadoras do mercado ou aprendendo com cada um dos projetos que são implementados. Para conhecer mais sobre nossa metodologia de trabalho, confira outros artigos publicados no nosso blog!

Para saber mais, visite o site da Empresa 1

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta