Após manifestação e vandalismo, operações da linha 7-Rubi são normais nesta segunda (04), segundo CPTM

Trem também foi vandalizado

Grupo protestou contra o fechamento da passagem de nível de Francisco Morato e até incendiou veículos sobre os trilhos

ADAMO BAZANI

As operações da linha 7 Rubi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) ocorrem normalmente na manhã desta segunda-feira, 04 de janeiro de 2021.

A informação está nos canais oficiais da empresa.

Na noite do domingo (03), um trecho da linha foi interrompido por protestos com vandalismo em Francisco Morato, na Grande São Paulo.

O grupo manifestava contra a desativação de uma passagem de nível na estação.

O local foi invadido e vandalizado por volta das 19h30. Um trem foi depredado e objetos e até carros foram incendiados sobre os trilhos.

A operação foi normalizada após apoio da Polícia Militar no local.

“Às 23h, após a retirada do grupo pela PM e inspeção do local pela CPTM, as vias 1 e 2 foram liberadas. Os trens circulam normalmente no trecho entre as estações Baltazar Fidélis e Francisco Morato, que atendem a Linha 7-Rubi”, informou a CPTM, em nota.

Confira as imagens da ocorrência:

 

Fogo na via impediu a circulação dos trens. Foto: Diário dos Trilhos.

POSICIONAMENTO

Em nota, a CPTM informou que “um grupo de pessoas invadiu a passagem de nível de Francisco Morato, em ato de vandalismo, ateando fogo em objetos e jogando nas duas vias e nos trens entre as estações Baltazar Fidélis e Francisco Morato, Linha 7-Rubi, forçando a interrupção da circulação no trecho”.

“A passagem de nível foi desativada em 28/12 para oferecer mais segurança aos pedestres, passageiros e colaboradores da companhia. A travessia para o outro lado da via se dá pela passarela da Prefeitura, mais segura, que funciona 24 horas e é totalmente acessível – com elevadores e escadas rolantes”, justificou a companhia.

Baldy se posicionou sobre o ocorrido por meio das redes sociais. Confira a publicação feita no Instagram no fim da noite deste domingo:

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes 

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Roberson disse:

    Baldy, o que você acha dos idosos perderem a gratuidade nos transportes públicos de SP?
    Feliz ano novo para quem votou nesse moleque e nesse governador que só pensa em privatizar
    30 anos de PSDB no governo de sp

Deixe uma resposta