ANTT apreende seis ônibus a serviço da Buser em São Paulo neste final de ano

Ação ocorreu nos dias 29 e 30 de dezembro, e contou com ação conjunta de fiscais da Agência, Polícia Militar e Guarda Metropolitana

ALEXANDRE PELEGI

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT realizou na cidade de São Paulo mais uma etapa da Operação Pascal, de combate ao transporte irregular interestadual de passageiros.

A ação contou com a parceria da Polícia Militar do Estado de São Paulo e da Guarda Civil Metropolitana do município.

Os agentes atuaram nos dias 29 e 30 de dezembro de 2020 em comando operacional de rotina efetuando diversas fiscalizações e autuações, que redundaram em sete apreensões de veículos que, de acordo com a ANTT, realizavam transporte clandestino de passageiros.

De acordo com informes da equipe de fiscalização, o comando garantiu o transporte seguro para os 218 passageiros dos veículos apreendidos.

Dos sete ônibus, seis estavam a serviços da Buser, aplicativo de ônibus.

A ANTT informa que esse tipo de fiscalização acontece devido ao aumento das denúncias do transporte clandestino de passageiros entre estados durante a pandemia de Covid-19.

Dois dos ônibus tinham como destino a cidade de São Paulo e origem em Poços de Caldas/MG e Rio de Janeiro/RJ.

Os outros cinco ônibus apreendidos pelos fiscais da ANTT tinham como origem São Paulo/SP e como destinos as cidades de Caruaru/PE, Rio de Janeiro/RJ, Campo Grande/MS (2) dois deles seguiam para Niterói/RJ.

Os veículos apreendidos foram encaminhados para o Terminal Rodoviário do Tietê na capital paulista para que a empresa infratora providenciasse para que os passageiros seguissem viagem de forma segura em empresas regulares.

Os veículos foram removidos para pátio credenciado pela ANTT.

Os infratores estão sujeitos a multa no valor de R$ 7.600,00 pelo transporte clandestino.

Todos os veículos foram enquadrados na Resolução 4287/14 da ANTT, apreendidos e encaminhados para um depósito credenciado da ANTT por no mínimo 72 horas, sendo sua liberação condicionada à comprovação do pagamento das passagens em empresa regular, bem como as despesas referentes as diárias de pátio e guincho.

A ANTT informa ainda que, apesar da pandemia, e da redução da atividade econômica, já apreendeu cerca de 1053 veículos somente em 2020, sendo restituídos ao transporte autorizado cerca de 31 mil passageiros, e constatou que embora as linhas regulares tenham reduzido a frequência de viagens desde março de 2020, o transporte clandestino seguiu na contramão.

A fiscalização aplicou cerca de 2.300 Autos de Infração, causando um impacto de mais de 12 milhões de reais ao transporte clandestino.

A ANTT tem monitorado o transporte clandestino de passageiros utilizando o Canal Verde Brasil, rede nacional inteligente de percepção, acompanhamento e mapeamento de fluxos de transporte nos corredores logísticos. São pórticos que leem as placas dos veículos na rodovia e dão sua localização em tempo real para ANTT.

Em nota, a ANTT completou:

A ANTT alerta sobre os perigos de utilizar o transporte clandestino de passageiros. Via de regra, no transporte clandestino os motoristas não possuem treinamento, cumprem jornadas exaustivas de trabalho e os veículos são precários, geralmente apresentando péssimo estado de conservação e manutenção, o que aumenta em quatro vezes a letalidade dos acidentes envolvendo esse tipo de transporte.

Além disso o transporte clandestino de passageiros devido a sua informalidade se torna porta de entrada para que vários crimes possam ser cometidos como descaminho e tráfico de pessoas, animais, drogas e armas.

A ANTT alerta também quanto ao risco de infecção pelo novo coronavírus a que os passageiros que optam pelo transporte clandestino ficam expostos pela não adoção das determinações vigentes de higienização dos veículos.

A Operação Pascal da ANTT segue em todo país e para denunciar o transporte clandestino de passageiros, os usuários podem entrar em contato através do telefone 166, do e-mail ouvidoria@antt.gov.br ou WhatsApp (61) 9688-4306.

O Diário do Transporte solicitou a posição da empresa Buser Tecnologia a respeito das apreensões, e aguarda resposta para inserir neste espaço.

Veja algumas imagens enviadas pela equipe de fiscalização da ANTT/SP:

Ônibus apreendidos foram encaminhados ao Terminal Tietê para que a empresa infratora providenciasse passagens no transporte regular para os passageiros

Ação conjunta contou com agentes da ANTT, Polícia Militar de SP e Guarda Civil Metropolitana da Capital

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Boiuoiiu disse:

    Lixo de ANTT

  2. João Luis Garcia disse:

    Parabéns a ANTT

  3. José Ricardo Brandão dos Santos disse:

    Engraçado, como é simples pra polícia trabalhar contra um cívil trabalhador, poderia ser assim tbm quando fosse servir e protejer não é?

    1. AmadeuAvelino disse:

      Se depender da População tudo no Brasil sera sucateado por uns reais a menos.. parabéns ANTT…

  4. Leandro Siqueira disse:

    Ridículo, não tem anda pra fazer o dia inteiro ai fica indo atrás de quem realmente tem algo pra prestar a sociedade, ir atras de quem realmente estar irregular eles não vão, so querem
    aparecer.

  5. Lm disse:

    Parabéns uma máfia sem fim no transporte.Antt só prende ônibus cladestino e não prende ônibus de empresa regalizada que estão precária também.porque recebe propina das empresas.Policia é para combater crime e não parar ônibus pra ANTT.

  6. Fabio disse:

    Enquanto isso tá cheio de ônibus rodando do Oiapoque ao Chuí com pneus carecas e manutenção precária, não parece o caso desses ônibus apreendidos. A política é um Câncer

  7. Nicolau Santos disse:

    ANTT está cumprindo oque determina a lei , Toda empresa de Transportes de Passageiros Interestadual tem que dispor de frota própia se será considerada ilegal , A propósta da Buser não é ruim , mas para que ela possa execer seu Serviço ser regulamentada pelo Congresso Brasileiro

    1. Camilo disse:

      Agora dizer que os ônibus são sucateados. Muito melhor que os ônibus das empresa regulamentadas.

  8. Marcelo disse:

    Em nota a ANTT diz que os motoristas não tem experiência, ônibus são sucateados e não seguem as recomendações das autoridades sanitárias.
    Meu pai um motorista de mais de 20 anos de carteira com diversos cursos de transporte ( sou suspeito a falar, porém com uma ótima reputação nas empresas onde passou e hoje com ótimos elogios de seu serviços), hoje se ultiliza de ônibus novos modelo LD, para trabalhar e em todas as viagens que fez sempre ultiliza máscaras e álcool para os motoristas e os passageiros, sempre estão em dois motoristas para evitar o cansaço excessivo, trabalha em uma empresa que presta serviço para Buser, sendo impedido de trabalhar em razão de um Estado (leviatã) dizendo que o transporte é clandestino, buscando marginalizar a imagem da Buser, empresas e funcionários, se ultilizando de uma falsa desculpa de estar querendo o melhor para o consumidor, prejudicando o próprio consumidor que fica a mercê dessas empresas monopolizadas e resguardadas por agências estatais, sendo a única função destas agência é atrasar a vida das pessoas que estão em busca de uma renda de uma forma justa e não se ultilizando do crime para isso, visto que o dinheiro destes servidores que se portão como semi-deuses apenas por que fazem parte de uma “gangue” chamado Estado, sempre estará na conta, em razão de sobreviver com o dinheiro roubado (impostos) dos trabalhadores da iniciativa privada, onde ao invés de ir atrás de homicidas e estupradores, perdem o tempo com isso, apenas para beneficiar determinadas empresas.

    1. Fábio disse:

      Não preocupe! Mesmo com as apreensões, o aplicativo ganha novos usuários, a única saída é regularizar esse novo serviço até então inexplorado.

  9. Luiz disse:

    Antt é um lixo mesmo deveria acabar, os puxa sacos que estão dando parabéns aí devem ser funcionários dessas empresas grandes ladronas que colocam o valor das passagens lá em cima

  10. Anderson disse:

    Parabéns ANTT Buser transporte Clandestino….
    Risco para sociedade

  11. Camilo disse:

    Só ônibus novo. Aí pegam os passageiros e notam num ônibus velho com mais de 20 anos da Itapemirim. Vai entender essa ANTT.

  12. Mais uma clara posição desse desgoverno estadual e municipal que não aceita a livre iniciativa. A Buser é da Uber, impossivel ser equipamento de ma qualidade e motorista destreinado….

    1. Adriano Floro disse:

      Onde deveria ter a fiscalização como por exemplo em Taguai e cidades distantes da capital eles vem com deaculpinha… João Doria nem sabe o que é ANTT…ARTESP.. SOCICAM…Tudo serviço lixo.

  13. Romulo disse:

    Quase ninguém sabe que quem está patrocinando a polícia e a ANTT são os empresários mafiosas das empresas que já tem conchavo… Vergonha. Se pararem fiscalizarem de verdade quase todas as consideradas lícitas estariam na m…

  14. Bane disse:

    Só vi ônibus relativamente novo, e de igual conservação de empresas “credenciadas” que continuam nessa máfia, a ANTT fazendo essas apreensões, órgão vendido, não fiscaliza o que precisa e não multam “os grandões” só correm atrás de trabalhador.

  15. Neilson disse:

    Porque a polícia de são Paulo junto com a guarda civil e o arrombado do Doria e Bruno covas e a justiça de sp não vai trabalhar prender bandidos ao invés de ficar atrapalhando os trabalhadores 👿 bando de capetas

  16. Neilson disse:

    Fiscaliza a lixo da Gontijo também

  17. Neilson disse:

    E bem cômodo pra polícia prender ônibus moto e carro trabalhador porque não vai pra as periferias prender bandidos o raça ruim vão todos pro inferno

  18. Rodrigo disse:

    Que vergonha tanta coisa pra se fazer e impedem uma empresa de trabalhar pq um grupo de empresários mercenários desse país não quer concorrência livre. É ridículo isso acontecer em tempos como o nosso. A ANTT que perdeu prestígio a tempos continua a perder ainda mais. Que vergonha Brasil! Até quando ficaremos nas mãos de oportunistas vampiros que acham que podem mandar em tudo? E aí vamos reagir ou deixar isso continuar?

  19. Prezado(a) Senhor(a) boa tarde!
    À ANTT, precisa intensificar este tipo de fiscalização aqui em São Paulo mais precisamente na região do Jabaquara sito à Rua das Grumixamas dos Nº 10 até 130. desde 2018 com destino a toda (Baixada Santista) que não aparece nenhuma fiscalização aqui no referido endereço,. os perueiros já falam aos ¨passageiros “TERMINAL GRUMIXAMAS”.. Temos carros particulares que servem com taxi , peruas e ónibus antigos diversos tipos de carrocerias da década de oitenta, saem daqui passam pelo KM 40 da Imigrantes ninguém fiscaliza .
    Minha pergunta: quando vai haver uma fiscalização séria por aqui?
    Atenciosamente.
    Alberto Santos Mattos

  20. Gamalieu disse:

    Ônibus velho e precária!? Vocês estão longe de conhecer alguma coisa sobre ônibus. Todos os ônibus doa vide acima são novos e de última geração… O que manda nesta porcaria de antt é o dinheiro… O grande monopólio está perdendo dinheiro… Então bora lá aprender os ônibus se quem esta trabalhando

  21. Rogério machado disse:

    Não sou a favor do transporte clandestino tá errado tem que ser penalizado
    Agora eu não entendo o porquê de não fiscalizar a viação Itapemirim seus ônibus estão sucateados fazem contratos com outras empresas e não pagam pelo serviço prestado,outra que a antt não faz é fiscalizar as concessionárias de rodovias,não tem área de estacionamento,PÉSSIMO estado de conservação,valor cobrado um abuso,o valor cobrado é muito acima das condições das rodovias
    DETALHE a pessoa quer viajar não tem ônibus as empresas que operam as linhas não estão nem aí para o usuário
    PORQUE então a antt não faz esse tipo de fiscalização se tem demanda de passageiros tem por obrigação de ter ônibus para transportar
    Essa é minha indignação com esse ÓRGÃO

  22. Neemias disse:

    É uma pena dizer isso, mais o nosso Brasil, não é um País SÉRIO. Essa ANTT É UMA VERGONHA NACIONAL, FISCAIS COVARDES, ESTUPIDOS E TRUCULENTOS, QUE SÓ SE ACHAM SER ALGUÉM PORQUE ESTAO COVARDILMENTE ESCOLTADOS POR FORCAS POLICIAIS. Engraçado que a GCM foi criado para proteger o patrimônio municipal, agora tem poder de polícia, que coisa né!!!

  23. Ricardo disse:

    Artesp e ANTT são meros instrumentos de defesa dos monopólios das grandes empresas. Só no Brasil essas coisas são aceitas. Henri Ford também enfrentou os monopolios em russo vida. Não abaixem a cabeça l
    Por que tantos clandestinos? Porque as exigencias são absurdas e de alto custo, e assim diminuir a concorrência, criando uma reserva de mercado para as grandes empresas. Uma vergonha !

  24. Manoel disse:

    Uma sugestão ao Governador Doria e ao Prefeito Bruno Covas, já que eles estão tirando a GCM e colocando-a a disposição da ANTT para estas fiscalizações: faça a mesma coisa e coloque a GCM a disposição da EMTU para fiscalizar o péssimo serviço prestado pela maioria das empresas que fazem o transporte intermunicipal. Empresas com ônibus velhos, sucatas de outras empresas, que quebram todo dia deixando o trabalhador que paga uma tarifa altíssima no meio do trajeto. O usuário pega ônibus e não sabe se vai terminar a viagem naquele carro, pois quebram sempre. Não tem manutenção, furam os horários, são sujos e barulhentos, etc…
    E o que a EMTU faz ? Nada…
    O que os governos fazem ? Nada…
    Todo dia o mesmo mal serviço prestado !

    Isso deixa escancarado o real motivo dessas apreensões !

Deixe uma resposta para Neilson Cancelar resposta