Wi-Fi grátis estará disponível em 13 terminais de ônibus integrados ao Metrô na capital paulista no primeiro trimestre de 2021, diz concessionária

Terminal Tatuapé será o primeiro com o acesso gratuito à internet

Segundo Unitah Empreendimentos, instalação e operação do serviço será possível por meio de uma parceria com a operadora de telecomunicações Linktel

ADAMO BAZANI

Até o fim do primeiro trimestre de 2021, 13 terminais de ônibus integrados a estações de Metrô na capital paulista terão wi-fi grátis.

A medida foi anunciada nesta segunda-feira, 21 de dezembro de 2020, pela concessionária destes terminais, Unitah Empreendimentos, e a implantação será possível por meio de uma parceria firmada pela empresa com a operadora de telecomunicações Linktel.

Os terminais envolvidos são: Ana Rosa; Armênia; Artur Alvim; Brás; Carrão Norte; Carrão Sul; Parada Inglesa; Patriarca; Penha; Santana; Tatuapé Norte; Tatuapé Sul; Vila Matilde.

Por estes locais passam, em média, 1,5 milhão de pessoas por dia.

O primeiro terminal a receber o serviço será o Tatuapé, com previsão de ter o sinal de wi-fi liberado até o fim deste mês de dezembro de 2020.

A conexão nos terminais terá velocidade de 10 MB, o que segundo a operadora, permite utilização de redes sociais, sites, aplicativos de mensagens e troca de e-mails.

O sistema tecnológico prometido é o ABGN/AC, que permite conexão de várias pessoas ao mesmo tempo, e os equipamentos que a operadora promete são do mesmo tipo dos utilizados em aeroportos e redes de metrô no exterior como o Heathrow em Londres, JFK de Nova York e o Haneda em Tóquio.

Cada usuário poderá usar o serviço por 60 minutos por vez.

Na nota, a Unitah ainda prometeu que o Wi-Fi implantado pela Linktel vai funcionar de forma interligada com o sistema de Wi-Fi das estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e do Metrô.

“O passageiro poderá continuar usando o nosso sistema mesmo quando troca de transporte. Os terminais escolhidos possuem alto fluxo médio de passageiros e poderão ter acessos simultâneos de diversos usuários”, disse em nota o presidente da Linktel, Jonas Trunk.

Na mesma nota, presidente da Unitah, Luiz Fernando Ferraz Bueno, diz que o serviço de Wi-Fi faz parte do projeto de tornar os terminais de ônibus não apenas pontos de passagem, mas espaços de convivência.

“A proposta do Praça Unitah é gerar bem-estar e conveniência aos cidadãos paulistanos. A oferta de internet gratuita nos terminais proporcionará uma experiência ainda mais completa às pessoas que frequentam os terminais, que poderão aproveitar seu tempo tranquilamente enquanto realizam compras ou se alimentam nas novas lojas inauguradas no local”

A concessão dos terminais prevê também investimentos em ampliação da oferta de comércio e de serviços, além de uma nova gestão na área de segurança, zeladoria e paisagismo nos locais.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta