Cabo Frio (RJ) restringe pela metade capacidade do Terminal de Ônibus de Turismo

Local oferece agora 60 vagas. Foto: Divulgação.

Medida faz parte das ações contidas no novo decreto de combate ao coronavírus

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Cabo Frio, no Rio de Janeiro, restringiu pela metade a capacidade do TOT (Terminal de Ônibus de Turismo) do município.

A administração municipal iniciou nesta segunda-feira, 14 de dezembro de 2020, novas ações de enfrentamento a pandemia da Covid-19 por meio do Decreto Nº 6.413.

O documento prevê que o TOT deve agora operar com apenas a metade da capacidade, o que corresponde a 60 vagas.

Além disso, a Prefeitura proibiu os passeios turísticos ou recreativos de passageiros, como os chamados City Tour em trenzinhos.

Veículos que prestarem o serviço de turismo e estiverem chegando a Cabo Frio de outra localidade, devem ter, com antecedência de no mínimo dez dias, uma autorização de acesso, que pode não ser garantida tendo em vista o limite de vagas de estacionamento no terminal de turismo.

Aos que chegarem ao TOT com autorização, o translado dos passageiros deverá ser feito por táxis ou vans licenciadas pela Prefeitura ou carro de transporte por aplicativo.

Veja abaixo o decreto, na íntegra:

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta