Linhas de ônibus terão reforço em Juiz de Fora (MG) a partir de terça (24)

Ônibus urbano em Juiz de Fora

Segundo prefeitura, demanda de passageiros está aumentando, mas em patamares inferiores ao que era registrado antes da pandemia

ADAMO BAZANI

A Secretaria de Transportes e Trânsito (Settra) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) informou que a partir desta terça-feira, 24 de novembro de 2020, haverá reforço de frota em cinco linhas de ônibus municipais: 520-Aeroporto, 531-Nova Califórnia, 537-Jardim da Serra e 539 Santos Dummont, que terão os horários e frotas aumentados, além da 518-Salvaterra, que terá seu quadro de horários ajustado de acordo com o fluxo de usuários em cada período

De acordo com a autarquia, em nota, no mês de novembro 22 linhas do transporte coletivo urbano (TCU) tiveram ampliação do número de ônibus.

Com a mais recente mudança, passam por ajustes os serviços: 103, 105, 106, 107, 108, 117, 125, 131, 211, 226, 315, 321, 402, 403, 412, 429, 436, 518, 520, 531, 537, 538, 539, 601, 602, 646 e 731.

A Settra informou que monitora o comportamento da demanda de passageiros que tem aumentado após a flexibilização das atividades econômicas, mas ainda está menor que o registrado antes do início da pandemia de Covid-19, em março.

O número de usuários do transporte coletivo urbano antes da pandemia da covid-19 era cerca de 340 mil por dia útil. Atualmente, esta média está em 165 mil, o que corresponde a 48% do número de passageiros antes pandemia. O total de veículos antes da covid-19 (coronavírus) era cerca de 540 veículos, reduzido para 352 carros, o que representa 65% da frota total, cumprindo, assim com os protocolos de proteção contra o coronavírus. – explicou a nota da autarquia que ainda detalhou algumas ações contra a pandemia.

O monitoramento segue e novas alterações poderão acontecer, sempre objetivando atender melhor os usuários. Outras ações estão sendo feitas em combate à covid-19, como disponibilização de equipamentos de proteção para todos os funcionários, incluindo máscaras, luvas e álcool em gel. Os veículos estão sendo higienizados constantemente, para proteger usuários e profissionais, e vários ônibus circulam adesivados com a ilustração da máscara, como forma de conscientizar sobre a necessidade do uso desta proteção, além de letreiros com a descrição “Use Máscara”.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta