Rompimento de tubulação de gás prejudica a operação de linhas de ônibus em Corrêas, Petrópolis (RJ)

Impactos no transporte coletivo ocorrem desde a manhã desta quarta (04), segundo as empresas. Foto: Divulgação.

Empresas registram atrasos e perdas de viagens em nove itinerários

JESSICA MARQUES

O rompimento de uma tubulação de gás prejudica a operação de linhas de ônibus em Corrêas, Petrópolis, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira, 04 de novembro de 2020.

Em nota, as empresas Cidade das Hortênsias e Turb Petrópolis informaram registrar atrasos e perdas de viagem em nove linhas de ônibus que utilizam a Estrada União e Indústria, em Corrêas. Os impactos começaram por volta das 11h, desta quarta-feira (04), quando foi identificado o rompimento de uma tubulação de gás, na altura do Posto Dois, interditando os dois sentidos da via. Diante do problema, as empresas alteraram provisoriamente o itinerário dos coletivos pela Estrada Mineira.

Confira abaixo as alterações divulgadas pelas empresas:

As linhas da Cidade das Hortênsias prejudicadas foram a 300 – Terminal Corrêas (Via Quissamã), 301 – Loteamento Samambaia, 307 – Ponte Samambaia e 330 – Terminal Corrêas (Via Pedro Elmer).

Na Turb Petrópolis, as linhas que tiveram interferências foram a 500 – Terminal Corrêas (Via Estrada da Saudade), 606 – Alcides Carneiro, 613 – Bairro da Glória e 700 – Terminal Itaipava. A linha 615 – Terminal Corrêas x Carangola utilizou o Vale do Carangola como itinerário alternativo, em ambos os sentidos.

Para informações sobre os horários dos ônibus, o Setranspetro orienta que os passageiros acessem os aplicativos gratuitos e disponíveis para Android e IOS, que mostram em tempo real onde os ônibus estão, por meio do sinal de GPS. Entre as plataformas, estão os aplicativos: Vá de Ônibus (todas as empresas), Cittamobi (Turb Petrópolis), Petro Ita e Cascatinha, além dos sites oficiais e redes sociais das empresas de ônibus.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta