Campo Grande (MS) libera operação de ônibus sem limite de lotação

Ônibus municipal de Campo Grande. Foto: Carlos Henrique/Ônibus Brasil.

Prefeitura revogou decreto que determinava circulação com até a metade da capacidade nos coletivos

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, voltou a permitir na quinta-feira, 05 de novembro de 2020, a circulação de ônibus do transporte coletivo sem limite de lotação.

A mudança foi determinada por meio de publicação no Diário Oficial. Assim, o decreto nº 14.519 revoga o parágrafo 7 do artigo 6º.

Além disso, o documento também elimina a necessidade de que adesivos fossem fixados no interior dos coletivo com a capacidade total permitida de pessoas em pé e o limite de 50% do total de pessoas transportadas por viagem.

Assim, nos terminais de ônibus os passageiros podem, a partir desta quinta, novamente embarcar pela porta traseira sem ser preciso validar a tarifa na catraca. Essa era a forma encontrada para realizar o cálculo de passageiros em cada ônibus.

Apesar da flexibilização, o uso de máscara segue obrigatório.

Confira abaixo o decreto que revogou a medida:

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta