Cidade do México vai conceder R$ 54 milhões para renovação de frota de micro-ônibus do transporte local

Foto: Cuartoscuro/Arquivo.

A estimativa é que existam cerca de 12.900 micros e ônibus com 10 anos ou mais na capital mexicana. Verba  será suficiente para auxiliar empresas na aquisição de 427 novos veículos

ALEXANDRE PELEGI

O Governo da Cidade do México, por meio do Ministério da Mobilidade (Semovi), anunciou que vai conceder quase 203 milhões de pesos (cerca de R$ 54,4 milhões) para financiar um programa de substituição da frota de microônibus.

O edital foi publicado nesta segunda-feira, 02 de novembro de 2020, e altera o Primeiro Programa de Substituição para Veículos com 10 ou mais anos de vida que prestam o Serviço Coletivo de Transporte Público de Passageiros Concedido.

O Programa recebeu o nome de Rota 2020.

Na primeira versão do programa, publicada em 15 de setembro, o governo autorizou quase 44 milhões de pesos (cerca de R$ 11.8 milhões), mas na modificação publicada nesta segunda-feira o valor subiu para os quase 203 milhões.

Com essa alteração significativa, a meta de substituição de unidades mais que será quadruplicada, passando de 92 microônibus antigos para 427.

As empresas concessionárias poderão, graças ao programa, receber um apoio de 475 mil pesos (cerca de R$ 127,6 mil) para dar como entrada na aquisição de novos micro-ônibus.

Os novos veículos devem atender a critérios de segurança, eficiência, acessibilidade universal e qualidade.

A estimativa é que existam cerca de 12.900 micros e ônibus com 10 anos ou mais.

Os concessionários candidatos terão cinco dias úteis para se dirigir à Direção-Geral do Registo dos Transportes Públicos e apresentar a documentação, informa matéria do jornal mexicano Excelsior.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta