TJDFT conclui falência da Viplan, mas defesa vai recorrer para manter empresa

Ônibus da Viplan nos últimos anos em que operava no DF

Companhia chegou a ser uma das maiores do setor de transportes de passageiros do Distrito Federal

ADAMO BAZANI

A Vara de Falências e Recuperações Judiciais do TJDF – Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios concluiu na segunda-feira, 26 de outubro de 2020, o processo de recuperação judicial da Viplan – Viação Planalto e decretou a falência da companhia da família de Wagner Canhedo.

A empresa atuou por mais de 40 anos no Distrito Federal e chegou a ter a falência decretada em 2017, mas conseguiu reverter a decisão na época.

Em 2018, um dos credores da companhia abriu novo processo que culminou na mais recente decisão segundo o jornal Metrópoles.

Ao mesmo informativo, a defesa do grupo diz que vai tentar reverter a falência em instâncias superiores e que achou a decisão do TJDFT precipitada, uma vez que seria possível tentar uma solução amistosa entre as partes.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta