ARTESP realiza várias operações de fiscalização durante o feriado prolongado

Publicado em: 15 de outubro de 2020

Foto: Divulgação

Somente na Operação Padroeira, realizada nas cidades de Aparecida e Roseira, nos 3 dias do feriado prolongado, treze veículos foram fiscalizados e nove autuados

ALEXANDRE PELEGI

A equipe de fiscalização de Transporte Coletivo Intermunicipal da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo atuou intensamente nesse feriado prolongado de Nossa Senhora de Aparecida.

Com o objetivo de garantir que as empresas de ônibus cumpram as normas estabelecidas e ofereçam viagens mais seguras aos passageiros, a Agência abordou mais de 100 veículos em rodovias do interior do estado, de acesso à Baixada Santista e terminais rodoviários da capital.

Na Operação Padroeira, realizada em Aparecida e Roseira, no Vale do Paraíba, nos dias 9, 11 e 12, treze veículos foram fiscalizados e nove autuados. Principais motivos das multas: frete irregular, falta de declaração de vistoria, falta de nota fiscal e extintor de incêndio vencido.

Reonaldo Raitz Leandro, Superintendente de Fiscalização da Diretoria de Procedimentos e Logística da ARTESP, afirma que apesar das restrições no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida, por conta do risco de contaminação da Covid-19, muitas pessoas viajaram de ônibus até a basílica, “por isso, o papel da fiscalização foi fundamental para garantir a segurança dos passageiros”.

“Da mesma forma, nos terminais rodoviários da capital e as rodovias de acesso à Baixada Santista, verificamos a documentação dos veículos, itens de segurança e questões de higiene, além de outros requisitos necessários para que o veículo possa seguir viagem de maneira regular”, afirma o Superintendente.

Os fiscais da Agência também realizaram blitze nas rodovias Anchieta e Cônego Domênico Rangoni, na Baixada Santista, nos dias 9 e 12. Oito veículos foram fiscalizados, dois deles multados por frete irregular, sem as devidas documentações. Na Rodovia Anhanguera, em Pirassununga, na região de São Carlos, oito veículos foram abordados, dois deles autuados. Em conjunto com a Polícia Militar Rodoviária e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), um veículo foi flagrado com drogas no bagageiro. A polícia conduziu a ocorrência até a delegacia da cidade. Relembre: Ônibus transportando drogas é apreendido em São Paulo em ação da ANTT e Polícia Militar Rodoviária

As equipes de fiscalização da ARTESP estiveram ainda nos três principais terminais rodoviários da capital.

No Terminal do Tietê 39 veículos foram fiscalizados, seis autuados e sete notificados. Os principais motivosdas multas: utilização de veículo de outra empresa, sem autorização, e fretamento sem autorização.

No Terminal Barra Funda foram 11 veículos fiscalizados, dos quais dois multados por retardar horário.

Por fim, no Terminal Jabaquara os fiscais da ARTESP abordaram 24 veículos, dos quais cinco foram multados, por retardar horário, e um retido por estar com a declaração de vistoria vencida.

A ação faz parte de uma série de fiscalizações que a Agência Reguladora está realizando, com apoio de diversos órgãos. Para consultar os veículos cadastrados, basta acessar: https://bit.ly/39ItlZg

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Leandro dos Santos disse:

    Gostaria de saber se EMTU vai ser extinta porque meu veículo não tem a artesp somente EMTU

Deixe uma resposta