Siemens Energy e Siemens Mobility formam parceria para desenvolver sistemas de hidrogênio para trens

Publicado em: 13 de outubro de 2020

Projeto visa alcançar soluções para o transporte ferroviário na Alemanha e na Europa

ALEXANDRE PELEGI

A Siemens Energy e a Siemens Mobility acabam de assinar um Memorando de Entendimento (MoU) para desenvolver e oferecer em conjunto sistemas de hidrogênio para trens.

O acordo de cooperação foi assinado por Albrecht Neumann, CEO da área de Rolling Stock da Siemens Mobility, e Armin Schnettler, vice-presidente executivo (EVP) de New Energy Business da Siemens Energy.

O objetivo é alcançar soluções holísticas de hidrogênio para o transporte ferroviário. Desta forma, a parceria buscará promover o hidrogênio na economia da Alemanha e da Europa, apoiando a descarbonização no setor de mobilidade.

Com a empresa derivada da parceria (spin-off) e a abertura de capital em 28 de setembro de 2020, a Siemens Energy não faz mais parte do Grupo Siemens.

No entanto, a Siemens AG segue como a maior acionista da Siemens Energy AG.

OBJETO DO ACORDO

A Siemens Mobility GmbH, que pertence à Siemens AG, e a Siemens Energy AG assinaram esse acordo de cooperação em pesquisa para dar continuidade à expansão de seus esforços na promoção da mobilidade por meio do hidrogênio.

A descarbonização dos sistemas de energia é uma meta central da Siemens Energy. O chamado acoplamento setorial desempenha um papel fundamental aqui – interconectando setores relevantes em termos de energia, anteriormente separados, como eletricidade e geração de calor ou mobilidade. Isso pode ser obtido – totalmente livre de CO2 – por meio da eletrólise da água, usando eletricidade produzida a partir de fontes de energia renováveis”, afirma Armin Schnettler, EVP de New Energy Business da Siemens Energy.

Trabalhando junto com a Siemens Mobility, queremos impulsionar o acoplamento do setor, desenvolvendo, entre outras coisas, uma solução de eletrólise e abastecimento para o rápido abastecimento de trens movidos a hidrogênio”, completa Armin Schnettler.

Nossa cooperação com a Siemens Energy abre caminho para uma mobilidade sustentável e ecologicamente correta. Dessa forma, poderemos apoiar nossos clientes na substituição dos seus trens movidos à diesel, operando em linhas ferroviárias não eletrificadas com trens movidos a hidrogênio, isentos de emissões de carbono a longo prazo. Junto com a Siemens Energy, podemos até oferecer o ‘hidrogênio como um modelo de serviço’ durante a vida útil de um trem”, disse Albrecht Neumann, CEO de Rolling Stock da Siemens Mobility.

FUTURO

Em seu comunicado à imprensa, a Siemens explica que, nos próximos 20 anos, milhares de trens diesel-elétricos de múltiplas unidades serão substituídos sucessivamente por alternativas mais ecológicas na Europa. Há composições movidas a diesel ainda em serviço atualmente, em rotas ferroviárias não eletrificadas.

O comunicado cita o exemplo da Alemanha, onde essas rotas representam cerca de 50% de toda a rede ferroviária do país. Baterias ecologicamente corretas e acionamentos por hidrogênio deverão ser usados como substitutos para as unidades a diesel.

A Siemens Energy e a Siemens Mobility planejam desenvolver em conjunto uma solução de infraestrutura de hidrogênio padronizada para abastecer trens movidos a hidrogênio da Siemens Mobility, e posteriormente expandir essa solução em projetos pilotos e para clientes específicos.

A Siemens Mobility é uma empresa administrada separadamente da Siemens AG.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta