Online e integrado: Porto Velho moderniza transporte público e garante mais atratividade para o usuário

Publicado em: 13 de outubro de 2020

Ônibus da JTP Transportes (COM Porto Velho). Foto: Divulgação

INFORME PUBLICITÁRIO

O transporte público de Porto Velho passou por uma transformação significativa desde o início de 2020. Além de mudar de operador, efetivou também uma atualização robusta no sistema, que a partir de 1º de outubro passou a operar de forma online e com soluções que ampliam a integração com outras tecnologias, melhorando a qualidade do serviço entregue ao usuário.

O projeto, iniciado em abril, abrange um escopo completo de modernização e foi gerenciado inteiramente pela Empresa 1, que já fornecia tecnologias de mobilidade para o município e venceu a nova concorrência. Mesmo no contexto de pandemia, que afetou todo o setor de transporte, a entrega dos equipamentos e a implantação foram realizadas dentro do prazo previsto pelo novo operador, de forma ágil e eficiente.

Evolução tecnológica para um transporte mais atrativo

O investimento em tecnologia foi um dos pilares da proposta de atualização do sistema de transporte da cidade, e com a plataforma Sigom Cloud a bilhetagem passa a operar inteiramente na nuvem.

Para otimizar a gestão da frota de ônibus, os validadores SPX700, que operam de forma online, contam com AVL (Automatic Vehicle Location, ou Localização Automática de Veículos) integrado, permitindo o monitoramento dos veículos e a tomada de ações de regulação em tempo real.

Os 108 carros também contam com o console do motorista, na versão SCM200, que possibilita a expansão das funcionalidades para que o motorista tenha acesso a operações do validador, como abertura e fechamento de jornada e de viagem, dando mais agilidade para as viagens.

Outro diferencial em funcionamento, principalmente em benefício dos passageiros, é o SI.GO, que permite a todos os usuários a realização do cadastro para o cartão de transporte, além de outras consultas e serviços, como recarga, saldo, segunda via do cartão, bloqueio por perda etc. Uma comodidade muito oportuna, principalmente neste período de pandemia.

Para favorecer aos passageiros também, os validadores estão integrados aos painéis de informação ao usuário (FRT) presentes nos veículos, que avisam sobre paradas – por meio de áudio e painel de LED.

Além de todos esses recursos, a plataforma está integrada com sistemas de CFTV e de WI-FI embarcado. O Sigom Vision, sistema de biometria facial para detecção de fraudes, também está presente nas operações.

Desafios durante a pandemia

A implantação das soluções para o transporte público de Porto Velho foi inteiramente gerenciada pela Empresa 1, que atuou como centralizadora das tecnologias envolvidas no projeto.

Todo o processo aconteceu durante o período em que a pandemia da Covid-19 atingiu seu pico no Brasil. Mesmo com os grandes impactos que esse contexto causou ao setor de transporte público, o desafio de implantar todas as soluções em um curto espaço de tempo foi superado de forma ágil e efetiva. Para isso, a gestão do projeto e o gerenciamento logístico da implantação foram adaptados pela Empresa 1 de forma a garantir que todos os prazos fossem cumpridos de forma eficiente.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta