TRT do Rio de Janeiro determina que Transportes Flores reintegre trabalhadores demitidos

Publicado em: 23 de setembro de 2020

Ônibus da empresa Flores

Em torno de 300 profissionais devem ser chamados de volta, de acordo com decisão

ADAMO BAZANI

O juiz Felipe Bernardes Rodrigues, Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região do Rio de Janeiro, determinou que a empresa Transportes Flores reintegre cerca de 300 trabalhadores que foram demitidos na primeira quinzena de setembro.

A decisão desta segunda-feira, 21 de setembro de 2020, e publicada neste dia 23, atende ação do STTRNI Sindicato dos Rodoviários de Nova Iguaçu e Região.

Cabe recurso. Em caso de descumprimento, a empresa pode ser multada em R$ 20 mil por dia.

Em nota, a entidade trabalhista informou também que “não se pode haver demissão coletiva sem prévia discussão com o Sindicato e categoria para que seja verificada as possíveis soluções. Por isso, o Sindicato entrou com uma ação para impedir a demissão e exigir a reintegração dos postos de trabalho.”

A empesa Flores diz que foi muito prejudica com a queda de demanda de passageiros por causa da pandemia de Covid-19 e que se esforça para não realizar cortes.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Aildison Bispo disse:

    Não parece que houve readmissão. Continua tudo na mesma. Linha 446 é terrível tá demorando pra passar desde o começo da pandemia. Cobradores é que não voltaram mesmo

Deixe uma resposta