Solução para prestar contas ao Órgão Gestor: cases Viação Piracicabana e Consórcio Anhanguera

Publicado em: 17 de setembro de 2020

Ônibus da Viação Piracicabana no DF. Foto: Divulgação

INFORME PUBLICITÁRIO

Gool System auxilia empresas a prestar contas com dados confiáveis

A mobilidade urbana no Brasil está em constante mudança. Não só cada cidade possui uma forma diferente de operar, como até mesmo um mesmo município pode adotar novas regras com a mudança de mandatos, por exemplo. Empresas do setor precisam encontrar maneiras para se adaptar sempre às exigências e novidades nas cidades em que operam.

É o caso, por exemplo, do Consórcio Anhanguera, uma união de oito empresas que transporta diariamente milhares de passageiros em diversas cidades de São Paulo, e da Viação Piracicabana, que opera linhas no Distrito Federal. As duas empresas atendem exigências diferentes para poderem operar, cada uma de acordo com as licitações dos governos de suas cidades.

A Piracicabana viu nisso uma necessidade de construir uma solução específica para esse processo de prestação de contas. E foi o que nós da Cittati entregamos.

Agora, a Piracicabana consegue ter mais segurança em seu dia-a-dia, garantindo a entrega de dados sólidos para resolver qualquer reclamação do órgão gestor. Por seu lado, o órgão garante mais transparência e garantia de qualidade na operação de transporte da cidade para seus cidadãos.

A solução atende bem. Sempre que precisamos de alguma informação, mesmo retroativa, conseguimos. Quanto abrimos uma chamada, o pessoal sempre atende. O CCO está satisfeito”, garantem Crisolando e Adriano, que trabalham com o CCO de todas as linhas da Piracicabana. Além do benefício da prestação de contas, ele destaca a confiabilidade dos equipamentos que costumam precisar de pouca manutenção.

Já em São Paulo o Consórcio Anhanguera, trabalhando para a EMTU, lida com uma série de particularidades diferentes. Os dados precisam ser enviados para análise de acordo com uma série de parâmetros, seguindo certos padrões e com certa frequência (no caso deles, a cada 30 segundos).

De momento para momento, e de cidade para cidade, as informações variam. Por isso, além do monitoramento do Gool System, construímos uma solução específica para auxiliar aqueles que precisam prestar contas ao Órgão Gestor de suas operações. “O impacto é significativo em termos de custos. Houve um monitoramento muito mais preciso, distribuição dos ônibus ao longo da linha de forma muito mais eficiente”, relatou Wilson Satoro Motizuki, gestor do Consórcio Anhanguera.

Em muitos casos, quando qualquer falha na operação é detectada, a Cittati é capaz de detectá-la e resolvê-la antes que o próprio órgão gestor ou a empresa contratada percebam.

E isso é só o começo.

Sempre que for necessário personalizar a solução para atender a novas exigências de monitoramento do órgão gestor, a Cittati estará pronta para adaptar sua solução às novas demandas.

Um de nossos diferenciais, por exemplo, é a capacidade de implantação em apenas um mês.

Com os dados confiáveis que entregamos, aliados ao benefício à gestão, economia, agilidade e eficiência, sistemas inteligentes – e em constante evolução – podem atender às expectativas de Órgãos Gestores independente de suas mudanças ao longo do tempo, ou de cidade para cidade.

Para saber mais sobre a solução, clique aqui. 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta