CPTM seleciona empresa para executar obras de acessibilidade em estações da Linha 7-Rubi

Publicado em: 16 de setembro de 2020

Estação Pirituba é uma das que vão receber obras de acessibilidade. Foto: Diário do Transporte

Ao todo seis estações vão receber este tipo de serviço, além de atenção a Norma Trabalhista e melhorias de sinalização, hidráulica e alarmes no combate a incêndio

WILLIAN MOREIRA

A CPTM selecionou a empresa Systra Engenharia e Consultoria Ltda para executar obras de acessibilidade, além do atendimento à Norma NR 24 e melhorias de sinalização em seis estações da Linha 7-Rubi, além da supervisão das obras da estação de Francisco Morato.

Segundo publicação no Diário Oficial de 16 de setembro de 2020, o contrato tem prazo de 32 meses, com valor de R$ 5.748.291,56.

As estações a receber as intervenções de melhorias são Lapa, Piqueri, Pirituba, Vila Clarice, Botujuru e Campo Limpo Paulista, com instalação de rampas, piso táteis, entre outros. Inclui também a NR 24 (Norma Regulamentadora nº 24), que trata da promoção de condições de higiene e conforto nos locais de trabalho, como banheiros e sala para refeições.

Também está incluso no contrato a realização de melhorias de sinalização, hidráulica e alarmes no combate a incêndio, dando condições às estações de receberem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

Em Francisco Morato a empresa fará a supervisão das obras em execução, em especial da rede aérea e via permanente (trilhos), que devem ser concluídos em pouco tempo, caso da plataforma 3 da estação em que seu trilho ainda não está interligado com a via 2 no sentido São Paulo, o que impede trens de partirem dela em direção à estação Brás.



Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. ESTRANHO ESSE CONTRATO: se é para sinalização, melhorias em acessibilidade, e adaptações em banheiros, o que é que tem a ver fiação área, e troca de trilhos? por só 5 milhões..A empresa nunca que vai cumprir tudo isso…é a CPTM quem deve supervisionar o projeto, é ela a mais interessada em ver a obra pronta, ou não

Deixe uma resposta