Alstom entrega Linha 3 do Metrô de Guadalajara, no México

Publicado em: 14 de setembro de 2020

Foto: Alstom entregou em janeiro de 2017 o primeiro dos 18 trens Metropolis que circularão na nova Linha 3 do metrô de Guadalajara. Foto: Divulgação

Com extensão de 21 quilômetros, a linha 3 passa por 18 estações através das cidades de Zapopan, Guadalajara e Tlaquepaque

ALEXANDRE PELEGI

A Alstom comunicou nesta segunda-feira, 14 de setembro de 2020, a entrega oficial da Linha 3 da rede de transporte urbano de Guadalajara, uma nova linha de Metrô que deverá transportar cerca de 230.000 passageiros por dia.

Com extensão de 21 quilômetros, a linha 3 passa por 18 estações através das cidades de Zapopan, Guadalajara e Tlaquepaque (México).

A operação do sistema será responsabilidade do SITEUR (Sistema del Tren Eléctrico Urbano – Sistema de Trem Elétrico Urbano), operador local.

A Alstom foi selecionada em 2014 pela Secretaria de Comunicações e Transportes (SCT – Ministério da Comunicação e Transporte) para fornecer um sistema integrado para a extensão da rede de Guadalajara.

O valor total do investimento é de quase 330 milhões de euros, dos quais 240 milhões de euros para a Alstom (cerca de 1,507 bilhão de reais).

A Linha 3 vai melhorar os serviços de mobilidade para residentes em todo o Estado de Jalisco, proporcionando benefícios sociais e econômicos significativos.

Maite Ramos, Diretora Geral da Alstom México, afirma que a linha 3 foi projetada para ser 100% acessível a todos, “com espaços para pessoas com deficiência dentro dos carros e infraestrutura dedicada em todas as estações”.

Ainda segundo Maite, a linha é um exemplo de um sistema de transporte moderno e inclusivo “que oferece aos passageiros uma experiência de viagem confiável, segura e confortável, mantendo-se ambientalmente sustentável“.

Manuel Gomez Parra, Diretor Geral de Desenvolvimento Ferroviário e Multimodal da SCT, parabenizou todos os envolvidos na inauguração do projeto, que para ele é importante para o estado de Jalisco. “Sem dúvida, irá beneficiar grandemente todos os residentes do Estado, mudando a forma como viajam e melhorando o seu estilo de vida. O trabalho eficiente da Alstom para realizar este projeto viu a experiência e o compromisso da empresa contribuir para melhorar a qualidade de vida dos moradores e propor segurança completa em suas viagens“, disse.

O contrato de 2014 incluiu o fornecimento de 18 trens Metropolis, sistemas de comunicação, subestações de alta tensão e tração e sistemas de controle de tráfego baseados no Urbalis 400, o sistema CBTC da Alstom.

Os trens estão equipados com ar-condicionado, videovigilância e sistemas de informações aos passageiros.

A Alstom está presente no México desde 1968, com o desenvolvimento da primeira linha de metrô na Cidade do México. Há 52 anos, a empresa é pioneira na introdução de metrôs e sua manutenção na Cidade do México, Monterrey e Guadalajara. Além disso, informa a Alstom em comunicado, a empresa desenvolveu sistemas de sinalização e serviços de manutenção para trens e infraestrutura para as principais empresas ferroviárias do país.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta